Marchezan não reduz CCs para lotear cargos com vereadores e conseguir maioria na Câmara.

Marchezan Júnior ainda não cumpriu sua promessa de cortar 30% dos CCs porque quer lotear os cargos com os vereadores e compor maioria na Câmara. Ele também mantém gente em escalões importantes da prefeitura, ligados ao PMDB. 

Com base nas votações de ontem na Câmara de Vereadores, o editor chegou à constatação de que dos 36 vereadores de Porto Alegre, apenas 11 formam a base de sustentação da prefeitura (PSDB, PP, PTB, SD e Novo), mas apenas três votaram fechado com o prefeito em todos os casos:Janta (Solidariedade), Ramiro Rosário (PSDB) e Moisés Barboza. Outros sete militam na oposição (PT, PSOL). Siglas como DEM, PSD, PRB e PR, que à primeira vista teriam inclinação a votar com o governo, somam mais seis vereadores. Isso daria a Marchezan 17 votos. Nessa conta, o apoio de pelo menos dois dos vereadores do PMDB seria fundamental para consolidar maioria de 19 parlamentares.

Os dois vereadores mais inclinados no apoio ao governo tucano são Valter Nagelstein e Mendes Ribeiro. O problema do PMDB é justificar a razão pela qual faria a adesão, já que na oposição elegeu a maior bancada e fez 40% dos votos para prefeito. Só motivos fisiológicos justificariam a adesão. 

O cenário neste momento é o seguinte:

- Situação: 11 vereadores (PSDB, PP, PTB, SDD e Novo)
- Independentes: 17 vereadores, puxados pelo PMDB (apenas Nagelstein ainda não aderiu), no caso PMDB, PDT, DEM, PSB, PRB, Pros, Rede e PS (PR está em cima do muro).
- Oposição: 7 vereadores do PT e PSOL.

26 comentários:

Anônimo disse...

Realmente não entendi porque TODOS os CCS do Fortunati que fizeram campanha para o Melo, fazendo piadas de mal gosto do Marchezan, ainda estão no governo. Isso causa indignação. Estou esperando o banco de talentos e estou começando a achar que é uma piada com os que acreditaram. Não vejo a imprensa perguntar isso para ele.

Anônimo disse...

A conversinha que não faria loteamentos politicos foi por água abaixo tambem. Trabalho na prefeitura na secretaria da fazenda desde o prefeito Colares.
Esta pratica de criar e extinguir secretarias não representam economia se os cargos criados não forem extintos juntos.
É uma pratica para acomodoção politica. A mesma categoria que aprova no legislativo a necessidade da criação é a mesma que vem depois justificando sua desnecessidade.
Vejam o caso da SEDA, o secretario mamou nos cofres publicos e depois votou pela extinção da pasta.
Mas prestem atenção no que vou dizer, os altos salarios estão nos CC's, PGM e SMF.
Para realmente se ter economia você deve reestruturar estas áreas em que boa parte dos fiscais, procuradores e CC's ganham bem e trabalham pouco.
Posso afirmar que nada mudou nos últimos 30 anos na prefeitura. Acreditem, Marchezan na tal reestruturação conservou PGM, SFM e os CC's.
Quem vai perder são alguns servidores de carreira que tiveram suas secretarias extintas e ganhavam uma gratificação de produtividade que seriam incorporadas em abril/2017. Ferrou o "ze barnabe", nada de novo.
Os politicos somente mudam a forma de enganar o eleitor com suas frases de efeito na campanha.

Anônimo disse...


Não existem independentes aqui no RS.

"Você é Grêmio ou você é Inter. Se não for nenhum dos dois é extraterrestre"

Ex Governado Antônio Britto - PMDB

Anônimo disse...

Agora eu entendo pq elegeram o
Cássio-Cassado presidente da câmara de vereadores.
É tudo um grande acordão.
Socorro.

Anônimo disse...

Sempre me perguntei porque a necessidade de dar cargos de CCs, para apadrinhados de políticos?

Porque não dar o cargo diretamente ao funcionário publico que já esta na ativa. Afinal são estes funcionários que fazem todo o trabalho.

O que é indicado só vem para atrapalhar, quer cargo de chefia para mandar fazer o trabalho que ele não sabe fazer; e engorda a folha de pagamento de salário. Então qual a necessidade. Quanto seria economizada sem os parasitas dos CCs!!!!

Anônimo disse...

Enquanto ficam discutindo apoio ou não ao prefeito, as medidas urgentes para salvar a situação caótica que vive POA, vai ficando à espera de negociações em benesses para um ou para outro. O tempo passa e nada acontece, mas nós eleitores estamos acompanhando e em curto espaço de tempo faremos nossos julgamentos na escolha dos candidatos na próxima eleição. O povo mudou e e está unido, exigimos trabalho dos políticos para que os resultados apareçam o mais rápido possível. Queremos um Município organizado e desenvolvido e os políticos que não cooperarem perderão seus mandatos.

Anônimo disse...

Tomara k esse prefeito nao faca me arrepender de ter votado nele....mesmo sabendo k meu salario vai atrasar.

Anônimo disse...

O novo também é independente espero. Pois tem programa definido e o vereador deve votar conforme a ideologia do partido. Aposto muito nesse pessoal.

Anônimo disse...

"Por enquanto, são a favor da independência André Carús, Comandante Nádia e o líder da bancada, Idenir Cecchim. Já Valter Nagelstein e Mendes Ribeiro manifestam vontade de dar suporte a Marchezan. Por trás desse apoio, além da afinidade ideológica, há a ambição de Nagelstein e Mendes Ribeiro de conservar os cargos comissionados remanescentes ainda da gestão José Fortunati. "

Fonte:
http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2017/01/fiel-da-balanca-na-camara-pmdb-discute-postura-em-relacao-a-gestao-marchezan-9085737.html

Anônimo disse...

Pode piorar, e muito. Muita arrogância e pouco preparo.

Anônimo disse...

...e o papai noel não existe?!?!

Anônimo disse...

AJUDAMOS A ELEGER COM UM BOM CARGO DE PREFEITO O GAROTÃO, E AGORA MANDA NÓIS PRO BANCO DE TALENTOS PARA SE CADASTRAR PARA DISPUTAR UM CARGO NA PREFEITURA, É PURA SACANAGEMMMM..., MAS A LUTA CONTINUA CUNPANHERO.

Anônimo disse...

Parem de viajar na maionese!!!
Vou contar um segredo para todos. Não espalhem mas, tem um zum zum zum que, o filho do Busatto faz parte de um acerto para a tal "independência" do PMDB no legislativo.
E tem mais por vir. Acompanhem de cima as publicações no diário oficial.
Quando o negocio apertar sai uma negociação e o Marchezan aprova seus Projetos no legislativo. Acreditem se quiserem, mas o PMDB faz parte do governo Marchezan. Acompanhem os votos dos vereadores do PMDB nas materias do executivo e depois escrevam aqui as conclusões.

Anônimo disse...

Alguém acredita no banco de talentos?????

Anônimo disse...

Vc tem alguma notícia sobre esse banco ?

Anônimo disse...

votaram nele pensando que ia ser o politico diferente. Que era liberal e etc. Acho que ele enganou direitinho. Parabéns ao editor que sempre tentou mostrar quem ele era.

Anônimo disse...

Espero não me arrepender do voto. Até o momento está sendo melhor do que seria o Melo. Com o Melo seria 3x pior, pois ele teria que pagar o apoio que as esquerdas atrasadas deram pra ele na eleição.

Anônimo disse...

Suas informações a respeito da PGM e da SMF são absolutamente inverídicas. São carreiras típicas de Estado em qualquer dos entes federados - União, Estados, DF e Municípios, condição "sine qua non" da própria existência do Estado enquanto tal. Quem vai viabilizar o controle da legalidade interno em defesa da probidade administrativa e do interesse público? Quem vai promover o incremento da arrecadação tributária e o equilíbrio das contas públicas, em face da grave crise financeira por que passa o Município? Pagar mal os procuradores e auditores fiscais é abrir as portas para a leniência e a corrupção, e fragilizar o Poder Público Municipal, inclusive os próprios agentes políticos - Prefeito e Secretários - na defesa de suas prerrogativas constitucionais frente às demandas da sociedade, do Poder Econômico, dos órgãos de fiscalização externos como o MP e TCE, prejudicando ao fim e ao cabo toda a Sociedade porto-alegrense. Tenha mais cuidado com as generalizações e procure informar-se melhor sobre a atuação destes órgãos.

Anônimo disse...

Apareceu um data vênia com sua linguagem empolada querendo justificar os salários diferenciados dos procuradores e agentes de arrecadação municipal. Enquanto um gari ou operário especializado tem que todo o ano esperar que o SIMPA solicite sua equiparação ao salário-mínimo estes profissionais ganham salários bem superiores ao prefeito e secretários.
Foi uma das distorções da gestão Fortunati promover alguns oásis financeiros na PGE e no Tesouro Municipal, em detrimento a toda classe municipária que recebeu seu aumento parcelado em 4 vezes.
Tenho nível superior e não recebo nem perto destes eleitos.

Anônimo disse...

Boa cczao!!!! é isso aí lambe as botas do júnior! ehehe

Anônimo disse...


Ao anônimo de 3 de janeiro de 2017 23:35.

"controle da legalidade interno em defesa da probidade administrativa e do interesse público".

Será mesmo?

Existem servidores do EGRLF que nunca trabalharam na SMA e ganham GID há anos por conta de uma convenio falcatrua que nunca ocorreu, somente no papel. Encaminha pra mim para o setor da PGM que controla a legalidade interna.

Já aproveita e posta ai qual o setor da PGM que a sociedade encaminha denuncias deste tipo.

Anônimo disse...

deixe de mimimi o cara assumiu ha 2 dias, deixe de implicancia, = relaxe e goze,kkk serão anos para concertar a m. de 16 anos, afinal foram 16 anos de esqueradalha =4 de pt e 4 de pdt, relaxe e goze agora mestre polibio braga

Anônimo disse...

meu voto e de minha familia foram pro marchezan junior , e apoio ele totalmente , que tenha 4 anos com sua competencia e nos entregue a cidade melhor pois o caos em q estamos é triste

Anônimo disse...

boa,vamu que vamu, depois de 13 anos os prefeitos que assumiram no pasi todo estao em situaçao caotica sem grana pra nada sem ter de onde tirar grana... pt destruiu estados e municipios, nao existe milagre é caos pra todo lado, força pro marchezan junior, foi um otimo deputado federal e será um otimo prefeito

Anônimo disse...

Cargos em Comissão são totalmente desnecesários quando existem servidores concursados. Neste momento de crise esta na hora de rever a necessidade de setores que prestam advocacia e fiscalização, boa parte pode ser terceirizada. Não pode servidores concursado de nivel superior no mesmo municipio ganharem R$4.000,00 como professores e procuradores/fiscais ganharem R$30.000.000,00. Salta aos olhos que algo esta muito errado. São atividades que alguns poucos funcionarios de carreira poderiam fazer o controle de fiscalização e advogacia. A máquina burocrática ficaria bem enxuta. Fica a dica para o Marchezan.

Anônimo disse...

Aqui já identifiquei uma funcionária exonerada que é fantasma.
No Protocolo Administrativo da administração jamais existiu um Protocolo Setorial.
1216368 BIANCA KOCH LEAL GESTOR E 11240002 SMA/CD/PA/PS 12529001 SMA

É maracutaia feita no papel com certeza.

Quem da prefeitura fiscaliza os responsáveis? A PGM?

http://dopaonlineupload.procempa.com.br/dopaonlineupload/1962_ce_20170106_executivo.pdf