sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Maíra Panas, a mulher que morreu no mesmo voo de Teori, frequentava, a serviço, o Hotel Emiliano

Maria Panas (fotos ao lado), a massoterapeuta que morreu com Teori Zavascki em Paraty, era frequentadora assídua do Hotel Emiliano, do empresário Carlos Alberto Filgueiras, que também morreu  na queda do avião nesta quinta-feira, 19.

É onde ela buscou o próprio dono do Emiliano como seu cliente.

 O hotel seria, também, local utilizado como ponto de encontro de políticos investigados em inquéritos da PF e do MPF, como era o caso do senador Renan Calheiros.

Segundo a coluna Painel, Folha de S. Paulo,  o empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC, disse aos investigadores da operação Lava Jato que se encontrou com o presidente do Senado, Renan Calheiros, no hotel Emiliano, em São Paulo, onde tratou de doação à campanha de Renan Filho (PMDB) ao governo de Alagoas.

Carlos Alberto Filgueiras, o dono do hotel, tinha disputas judiciais que dependiam de decisão do STF.

16 comentários:

Anônimo disse...

Este Emiliano era como aquele aluno da Escolinha do professor Raimundo
que fazia favores aos corruptos, no caso os muitos RAIMUNDOS DA VIDA ,mais sempre "com a melhor das intenções".

Anônimo disse...

COISAS MUITO ESTRANHAS... TEM ALGO ESQUISITO NESSA HISTÓRIA...

A massoterapeuta para tratamento do ciático do empresário...

Mas e ninguém fala dos familiares do empresário, eles estão incomunicáveis?

E os amigos da fisioterapeuta que morreu?



Anônimo disse...

Teori era viúvo, podia sair com quem quisesse.
O problema é essa cumplicidade com empresários, favores, passeios, jantares, mulheres
Um juiz não pode ter esse comportamento.

Emmanuel Carlos disse...

Em resumo: escândalo em cima de escândalo ... e o infeliz morre com a tabuleta: ministro "habitué" de hotel frequentado pelos que ele deveria julgar.
Vergonha .... vergonha!!
Não há quem confie nas instituições brasileiras ...

Anônimo disse...

Triste e trágico desfecho. Acidente fatal suspeito, más companhias , com direito a dançarina no elenco .!!!

Anônimo disse...

pObre come a namorada dentro dum fuca, mesmo, não tem esse negócio de hotel

Anônimo disse...

As palavras certas, perambulam por CORRUPÇÃO, PETISMO DESCARADO, PUTARIA, ASSASSINATO, LIXO TOTAL. É o maldito PT em ação!

Ultra 8 disse...

Agradeço ao criminoso anônimo pela prestimosa colaboração em eliminar um juiz crápula,que foi colocado no STF por uma terrorista vagabunda.

Parabéns anônimo criminoso!

Com este tipo de bandido,o país será desinfetado de políticos ladrões de toda espécie.

































Anônimo disse...

Os donos do poder transformaram este país num bordel escancarado.
De vez em quando um é pego com as calças arriadas numa situação delicada com alguma "massoterapeuta" modelo ou jornalista.

Roberto disse...

Essas "relações incestuosas" do nosso "Poder Judasciário" é muito comum. Mais um exemplo que demonstra que nosso país é um grande bordel!

Anônimo disse...

Quando necessitei dos trabalhos de um fisioterapeuta,fui num indicado por amigos,era um senhor com 72 anos mais de 45 anos de experiência e dava palestras sobre tecnicas de massaterapia.

Roberto disse...

O Emmanuel Carlos disse tudo. Só faltou mencionar uma nódoa irremovível na biografia do falecido: ter sido guindado à posição de ministro por um bandido.

Anônimo disse...

Postagem calhorda com comentários mais calhordas ainda.
Deus tenha piedade das almas de vocês.

Anônimo disse...

A Maíra era uma pessoa muito batalhadora, saiu daquele fim de mundo em que morei também para buscar uma profissão, sempre talentosa e passando por muitas dificuldades todos os dias como qualquer pessoa que muda de estado e ve as disparidades na pele, muito difícil ler alguns destes comentários que fazem insinuações, muito triste saber que minha querida professora também se foi neste acidente.

Sandro Assis disse...

O que se faz na vida privada está nas entrelinhas do que se faz na vida publica.

Anônimo disse...

A imprensa é toda delicada por medo de prejudicar o governo do golpista.Não fosse a colaboração dessa imprensa esse governo já teria caído a muito tempo.