Limite do uso do rotativo do cartão passa para 30 dias

O Conselho Monetário Nacional (CMN) definiu, ontem à noite, um limite de 30 dias para o uso do rotativo do cartão de crédito. A ação é uma tentativa de baixar os juros cobrados nessa modalidade, uma das mais caras do Brasil. Agora, os bancos e instituições financeiras têm até o dia 3 de abril para se adequarem às mudanças. 

Com a nova regra, se o consumidor não pagar o valor total da fatura do cartão no mês vigente, os juros do rotativo só poderão ser cobrados até o vencimento da fatura seguinte. Depois desse prazo, o banco terá que apresentar ao cliente uma proposta mais vantajosa para pagar o valor devido, em parcelas.