Ladrões invadem casa, amarram o proprietário, roubam e depois abatem o morador a tiros. Este novo caso ocorreu em Viamão.

Sem polícia para defendê-los, os gaúchos são abatidos como gado, dentro e fora de casa. 

Sem polícia nas ruas das cidades gaúchas (Brigada, Polícia Civil e PNS sumiram das ruas), tendo que se defender por conta própria, mas ainda assim assaltado, roubado, furtado, assassinado e esquartejado, o povo gaúcho continua pagando caro por segurança pobre e até inexistente.

Isto explica novo roubo e nova morte, esta madrugada, no RS, quando um homem de 28 anos foi amarrado e morto a tiros durante assalto à casa onde ele morava, na madrugada desta sexta-feira.  Diego Mazarem foi morto na Vila Elsa. 

A Brigada, que chegou quando os ladrões já tinham ido embora, constatou que a casa foi invadida por quatro homens armados pouco antes da meia-noite.


Após o roubo, os bandidos executaram Mazarem com dois tiros.