IBGE: crescimento das vendas do varejo em novembro foi impulsionado pelo desempenho da Black Friday

As vendas do comércio varejista restrito cresceram 2,0% na passagem de outubro para novembro, excetuada a sazonalidade, segundo a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada ontem pelo IBGE. 

O resultado superou a projeção dos economistas do Bradesco, 0,4%, segundo informação que eles enviaram esta manhã ao editor. Aliás, a mediana das expectativas do mercado, de alta de 0,3%, de acordo com coleta da Bloomberg.

Uma parcela da forte elevação na margem pode ser atribuída às vendas da Black Friday, com a antecipação de parte das compras de Natal. Na comparação interanual, houve queda de 3,5%, acumulando contração de 6,5% nos últimos doze meses. A expansão das vendas no período refletiu o avanço em cinco dos oito setores pesquisados, com destaque a alta de 0,9% na margem de hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, responsável por aproximadamente metade das vendas do comércio restrito.

CLIQUE AQUI para saber mais.