Governo quer ver acordo do Rio para ajustar o Pacote Gaúcho

O governo gaúcho decidiu aguardar mais tempo para insistir na votação das propostas finais do seu pacote atual de reorganização administrativa e ajuste fiscal por uma razão muito simples e pragmática:

- Sartori quer esperar para ver todo o acordo da dívida que concluem os governos federal e do Rio.

O acordo servirá de base para acertos de outros Estados, entre os quais o RS.

Se o diktat vier de ima, o andar de baixo não terá alternativa.

14 comentários:

Anônimo disse...

Só uma dúvida? No referido acordo, a suspensão do pagamento da dívida é por três anos e as contrapartidas do Estados é permanente (como a venda de Estatais) Não é PERDÃO DA DÍVIDA. Na verde se está trocando a venda de Estatais pela SUSPENSÃO de pagamento durante três anos.
E depois dos três anos? O Sartori está fazendo mesmo que criticou no governo anterior. Está "empurrando a bomba" para o próximo governador. Vai deixar também uma herança maldita. Pois depois de 2019 o próximo governador (que certamente não será o Sartori nem do PMDB) vai ter que voltar a pagar as altas parcelas da dívidas, e sem ativo para vender...
É o velho jeito de governar do Sartori, bastando lembrar que ele era o líder do governo Brito na Assembleia quando da renegociação da mesma dívida com a União que hoje leva o Estado ao buraco... É MUITA incompetência.

Anônimo disse...

Excelente colocação! Aguardo agora a opinião do editor sobre esse acordo no mínimo estranho!

Anônimo disse...

Calma,anônimo das 17,11.
Não é por aí.
Sartori está jogando diríamos poker.
Devo ressaltar que ao contrário,Sartori tem se mostrado muito competente.
O momento é muito difícil.
Tarso com Dilma,não chegou nem perto disso.
E por falar,onde anda Tarso?
Não tem nada a sugerir a opinar?
Tão sabido?
Acomodou-se tal qual Truta,na cômoda aposentadoria com salário de desembargador.Agora quietinhos.Não polemizam mais?

Anônimo disse...

O sr as vezes parece retardado mental. Como impor condições ao estado do RJ tendo dois ex governadores presos por roubar milhões e dar incentivos fiscais fraudulentos que segundo o jornal o globo pagariam por 10 anos a folha dos servidores público. Seu polibio as vezes o senhor parece que está dormindo.

Anônimo disse...

Concordo com o anonimo das 17:11.
Isto não importa, pois nos sonhos de muitos, a mera venda de estatais vai acabar com o problema que são os salários dos servidores. O estado não vai ter que contratar terceirizados (muitas vezes mais caro) para prestar o mesmo serviço. Ou o estado vai deixar de ter impressões feitas pela corag?
Alias, aproveito a informar os navegantes que uma das maiores tiragens da corag, os documentos do detran/rs, passaram para a procergs no final de 2016.

Anônimo disse...

E ... qual a sugestão então ?

Unknown disse...

Se o Judiciário&Cia e o Legislativo gaúcho não se comprometerem, a coisa complica!!!
Tem que pagar estes nobres da corte com Precatórios!!!

Anônimo disse...

O governo só olha. Como diria Malba Thaan:"Enquanto os cães ladram a caravana passa".

Anônimo disse...

O governo só olha. Como diria Malba Thaan:"Enquanto os cães ladram a caravana passa".

Anônimo disse...

Dois anos de chororo e cada vez piora mais a situação do Estado. Só promessas tipo a do Temer que será construído um presídio no RS só que não sabe quando, onde ou qual a capacidade. O Sartori sairá dá mesma maneira que entrou ,bsem saber o que fazer .kkkkk

Anônimo disse...

Dois anos de chororo e cada vez piora mais a situação do Estado. Só promessas tipo a do Temer que será construído um presídio no RS só que não sabe quando, onde ou qual a capacidade. O Sartori sairá dá mesma maneira que entrou ,sem saber o que fazer .kkkkk

Anônimo disse...

A intenção é retribuir o apoio dado através das contribuições de campanha e entregar a eles as empresas públicas. Depois todos irão reclamar e dizer que eram contra.

Anônimo disse...

Muitas vezes ouvi pessoas culpando os advogados pelas indenizações chamando os de indústrias das causas trabalhistas. Neste momento podemos perfeitamente perceber que no Estado é que se originsn os passivos , com a conivência do governador, deputados......

Anônimo disse...

Muitas vezes ouvi pessoas culpando os advogados pelas indenizações chamando os de indústrias das causas trabalhistas. Neste momento podemos perfeitamente perceber que no Estado é que se originam os passivos , com a conivência do governador, deputados......