segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Edson Brum quer visitar 40 municípios antes das sessões extraordinárias da Assembléia

O deputado Edson Brum, PMDB, não vai descansar enquanto não sai a convocação extraordinária da Assembléia, o que poderá acontecer na segunda quinzena de janeiro. O deputado mandou, hoje, sua agenda de viagens para esta quinzena. Ele programou roteiro de visitas a 40 municípios, tudo com o objetivo de franquear a estrutura do seu gabinete para os novos prefeitos. Na Assembléia, Brum mantém uma assessoria formada por engenheiro agrônomo, giólogo, advogado, contabilisa, professor para pessoas com necessidades especiais, adminsitrador e jornalista.

O deputado, que foi presidente do PMDB e da Assembléia, é também correligionário do governador e do presidente da República.

Apenas hoje, as visitas saíram para Arroio do Meio, Roca Sales e Muçum.

7 comentários:

Anônimo disse...

E tudo isso com dinheiro público? Não é de admirar que este senhor comece sua campanha eleitoral antecipadamente, afinal tem votado a favor do governo de forma cega e sem questionar e, por isso, tem medo de não se eleger nem para associação de bairro. Para viagens há verbas, para a Segurança Pública não. E assim segue a população gaúcha: abatida feito ovelhas enquanto o nobre Deputado viaja!
Parabéns!

Anônimo disse...



Negociatas futuras.

É dando que se recebe.

Anônimo disse...

pau mandado do polenta lacaio, estão marcados na paleta e não se elegem nem para síndico de cemitério.....

Anônimo disse...

Ex presidente da FDRH e ajudou a mesma a ser extinta.Dá pra confiar em político?claro que não...

Carmen disse...

Mas não dá pra entender algumas pessoas. Se o deputado não vai visitar os municípios, criticam que o político só aparece de quatro em quatro anos. Se vai visitar, criticam também. Colocar o seu trabalho em favor dos municípios é fazer campanha antecipada? Bah....

Anônimo disse...

POR FAVOR VÃO TRABALHAR, NÃO QUEREMOS VADIOS BEM PAGOS COM O DINHEIRO DO POVO VINDO MENTIR E ATRAPALHAR A NOSSA PAZ.

Anônimo disse...


Porta-voz do Polenta, gastando o dinheiro que o RS está economizando ao retirar direitos e promover demissões.

Esta é a contrapartida deste representante do povo, aos gaúchos que estão fazendo a sua parte, no "Rio Grande para todos, amigos do Rey".