sábado, 7 de janeiro de 2017

Editorial, Estadão - O Estado é o responsável

A segunda tragédia em apenas cinco dias – desta vez em Boa Vista, Roraima – coloca o País, de novo chocado com a barbárie, diante da dura realidade do descontrole do sistema penitenciário e da repetição, sabe lá até quando, de episódios como esses. E também da inescapável conclusão de que se chegou a essa situação calamitosa por culpa do Estado – em todos os seus níveis –, que nas últimas décadas simplesmente abandonou esse setor da maior importância da segurança pública. É a hora de acertar a conta desse erro colossal e ela, já se viu, será pesada.

Durante rebelião que começou na madrugada de sexta-feira, na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc), 33 presos foram barbaramente assassinados – a maioria decapitada, esquartejada ou teve o coração arrancado – ao que tudo indica num ato de vingança do Primeiro Comando da Capital (PCC) contra a Família do Norte (FDN) por tratamento idêntico contra ele dado por essa organização criminosa dias atrás no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus.

Tal como já fizera no caso do Compaj, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, insiste em minimizar, não se sabe por que motivo, a importância da disputa entre essas facções criminosas nesses episódios.

CLIQUE AQUI para ler mais.

11 comentários:

Anônimo disse...

O ESTADO TAMBÉM É RESPONSÁVEL PELA MORTE DE INOCENTES E DE POLICIAIS, COM O DEVER DE INDENIZAR ESSAS FAMÍLIAS.

Anônimo disse...

Mais corretamente: Os agentes do estado são os responsáveis!

Mordaz disse...

Isto faz me lembrar da Dilma criticando o presidente da Indonésia pela pena de morte aplicada a traficantes. Aqui se fazia melhor: eles que aplicam a pena de morte.

Anônimo disse...

Ué, e o dinheiro que sobrou para construir porto em Havana, metro na Venezuela entre outras beneces que o Lulopetismo cumprimentou com o chapéu alheio? Deveriam vir a público os representantes do governo que acabou com o Brasil e explicar porque o Lula e Dilma patrocinavam obras nos países dos outros e não cuidavam do Brasil.

Anônimo disse...

O estado são; Executivo+Legislativo+Judiciário. Nós pagamos e eles não fazem nada. alias se todos nós não fizéssemos a declaração do IR, deste ano, contra o compromisso do ESTADO providenciar o da segurança, da saúde e da educação, iriam se mexer rapidamente. Desobediencia Civil esta na constituição.
Joel

Anônimo disse...

É uma tragédia essa mortandade que está acontecendo DENTRO dos presídios do País, até onde se sabe por conflitos entre facções do crime, mas igualmente constitui-se em tragédia o que está ocorrendo FORA dos presídios, nas ruas, onde os cidadãos INDEFESOS são mortos diariamente por bandidos , que deveriam estar presos. Uma verdadeira CHACINA .!!!

Anônimo disse...

É preciso fazer convenio com a Vivo, Oi, embratel, etc. para facilitar a comunicação entre os marginais.

Anônimo disse...

Toda a cadeia política é responsável por essas tragédias. Até então viram na política uma maneira de enriquecer o mais rápido possível. E o Povo e o País ficou como um barco à deriva. Hoje chegou a fatura para o pagamento e o banco está sem recurso, vazio. E aí políticos como resolver? É com vocês a solução.

Anônimo disse...

O ESTADO BRASILEIRO É UMA QUADRILHA:
O que vemos nos presídios são somente soldados do Estado Criminoso.
O Brasil é uma ditadura igual a de Cuba e Venezuela, quem faz parte da cúpula criminosa, como o judiciário, políticos, tem altíssimos salários, aposentadoria integral, não precisa trabalhar e pode roubar a vontade.
E, o povo passa fome.
Está é a definição de Brasil: UM PAÍS QUE NÃO DEU CERTO.

Anônimo disse...

OLHA A GRAND MÍDIA IMPONDO O SEU PENSAMENTO!

Faltou dizer que quem paga a conta de todas e quaisquer tragédia brasileira, querendo ou não, são os cidadãos trabalhadores.

Afinal, que noticia dariam no marasmo?



Anônimo disse...

Estão todos indgnados com 90 mortes de criminosos? Quem está indgnado com 170 homicidios diariamente mo Brasil? Será que para ficar indgnado é necessário juntar esses 170 num mesmo local? Brasil, Pais de Todos, hipócritas. 60 mil homicidios por ano no Brasil é o desaparecimento de uma cidade de medio porte todos os anos, fruto de politicas frouxas.O Brasil está necessitando de um Fugimori ou um Presidente com Tolerância Zero como o ex Prefeito de Nova York que resolveu o problema da criminalidade punindo pesado até os pequenos delitos.