sábado, 14 de janeiro de 2017

Covatti passará o cargo ao presidente do Tribunal de Justiça ?

O governador Ivo Sartori e o seu vice, José Cairolli, viajaram para SC e por isto decidiram passar o cargo para a presidente da Assembléia, deputada Silvana Covatti.

Foi uma licença que se concederam, já que a lei não obriga.

A deputada, no entanto, irá a SP amanhã, domingo, para visitar a 44a. Couromoda.

Nada a obriga a passar o cargo de governador ao presidente do Tribunal de Justiça, mas, se quiser, poderá fazer isto.

8 comentários:

Unknown disse...

Blá... blá... blá...

Fernando Bender disse...

Parece batata quente.

Anônimo disse...

O que diz a Legislação em relação a isso? Jogada combinada para incorporar o salário de Governador para Covatti e o Presidente do Tribunal de Justiça? O Governador e o vice, juntos, abandonaram o RS? Não seria o correto um sair, depois o outro? Não se planejaram para sair?

Nélio Santana disse...

Editor, por favor me tire uma dúvida: um dos argumentos a favor da existência do cargo de vice é a disponibilidade imediata de um substituto ante uma eventual ausência do titular.
Se o vice se ausenta de forma voluntária no mesmo período que o titular do cargo, para que serve o vice?

Anônimo disse...

Tanto o Governador quanto o vice mesmo quando presentes estão ausentes. O pouco que fazem fazem muito mal, o ideal seria que não voltassem com isto encerraria o mínimo e o Estado poderia seguir adiante. Atualmente é só morro abaixo. Deixem o Chaves e o Kiko longe, a população gaúcha agradece.

Anônimo disse...

Tanto o Governador quanto o vice mesmo quando presentes estão ausentes. O pouco que fazem fazem muito mal, o ideal seria que não voltassem com isto encerraria o mímimi e o Estado poderia seguir adiante. Atualmente é só morro abaixo. Deixem o Chaves e o Kiko longe, a população gaúcha agradece.

Anônimo disse...

Deviam fazer isso no final do Mês e então quando o presidente do TJ n pagar o salario do funcionalismo, entrar com uma ação de improbidade contra ele. Assim talvez o Judiciário desça do salto um pouco.

Anônimo disse...


O bagulho está a bangú.

Nem as bocas de fumo ficam sem chefia, sempre tem um para tomar conta, motivo pelo qual o crime organizado funciona.
Talvez esteja aí a razão do sucesso, ORGANIZADO.