terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Brasileiros consomem (ainda) menos livros em 2016

Caiu 10,8% a venda de livros no Brasil em 2016, em relação ao ano anterior. Foi o que apurou a consultoria Nielsen, a pedido do Sindicato Nacional dos Editores de Livros.

O faturamento total do setor foi de R$ 1,5 bilhão, um volume 9,2% menor do que o registrado em 2015.

4 comentários:

Cap Caverna disse...

O brasileiro está alienado nas novelas da Globo, e em não fazer nada de bom. a audiência nessa merdas do plim plim é enorme, e se cada brasileiro(a), lesse um livro, por 15 minutos ao dia, teríamos um povo bem melhor, e certamente mais culto, então imagina se fosse durante a hora e meia das novelas? Já estaríamos classificados como primeiro mundo, ao invés de sermos vistos, como uma multidão de ignorantes e um povinho de republiqueta.

Anônimo disse...

Anônimo das 18:46h, tens toda razão em nos classificar como povo alienado. Realmente somos, porque ao invés de exigirmos dos nossos governadores Educação e valorização dos nossos mestres, não o fazemos. Faz 14 anos que o governo reduziu significativamente o recurso no ensino e o povo nada exigiu, aceitamos silenciosamente. Pagamos pesados impostos e não temos nada de retorno e aceitamos silenciosamente. Deixamos a Educação nas mãos de Sindicatos que nada fazem e não reagimos. Conclusão: Povo totalmente alienado e omisso. Enquanto nosso comportamento for assim, melhor para o governo que nada faz.

Anônimo disse...

Fugi a regra!!! Foi um dos anos em que mais li livros e mais gastei com livros, apesar do preço exorbitante dos mesmos!

Unknown disse...

O único consumo possível e indispensável é o da comida... no resto, falta grana para o brasileiro!!!