quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Artigo, Ricardo Balthazar, Folha - Teste para Meirelles

Faltando poucas horas para 2016 acabar, o ministro Henrique Meirelles falou grosso com os governadores que há meses batem à porta da Fazenda em busca de socorro financeiro. "A União não criou os problemas dos Estados", disse. "Não se deve criar a ilusão de que tudo depende da ajuda federal."

Com a chegada de 2017, a determinação de Meirelles será posta à prova. O presidente Michel Temer promete apresentar ao Congresso até fevereiro um novo programa de recuperação para Estados falidos, que os ajude a empurrar as dívidas com a barriga enquanto se submetem a regime forçado para reduzir a cintura.

A primeira versão do programa foi barrada na Câmara dos Deputados, onde a maioria governista considerou excessivas as condições da Fazenda para ajudar os Estados. Temer vetou o projeto que saiu da Câmara e mandou Meirelles buscar outra solução.


Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul chegaram ao ano novo com salários atrasados, dívidas com fornecedores e a obrigação de voltar a honrar seus compromissos com a União, esgotados os seis meses de carência que ganharam quando começou a discussão da renegociação das dívidas de Estados e municípios.

CLIQUE AQUI para ler mais.


2 comentários:

Anônimo disse...

ÓTIMO MEIRELLES.

Que tal devolver os 88% de impostos que a UNIÃO NOS SAQUEIA???????

Anônimo disse...

FORAM OS ESTADOS QUE CRIARAM OS 3 TRILHÕES DE DÍVIDA DA UNIÃO?

COM ESSA DECLARAÇÃO QUERO QUE A UNIÃO SE EXPLODA.