Advogado pede libertação de Paulo Ferreira sem fiança.

O advogado do petista gaúcho Paulo Ferreira, preso preventivamente em Curitiba no âmbito da Lava Jato, quer que ele seja solto sem pagamento de fiança.

O juiz Sérgio Moro impôs fiança de R$ 1 milhão.

O advogado alega que Paulo Ferreira, cuja campanha para deputado pelo PT do RS foi a mais cara do Partido, marido da ex-ministra Tereza Campelo, está pobre e endividado.

8 comentários:

sempre mais disse...

Nada disso! Deixa o meliante na cadeia que é o lugar dele! A chifruda tem a grana para soltá-lo, mas está dando um castigo por causa do chifre em rede nacional. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

E também bem pobres 200 milhões de brasileiros que apostaram no jararaca e deu a mula !!

Anônimo disse...

Então ele é mais um dos 12.000.000 de desempregados gerados pelos "coitadinhos " do PARTIDO DOS TRABALHADORES "!

Anônimo disse...

Soube roubar,mas não soube administrar o roubo.
Talvez por que sua formação seja a de professor de história.
Apesar de que na história existem inúmeros casos de gente rica que empobreceu por má administração.
Apenas Paulo Ferreira não contava que um dia,um juiz chamado Moro,e um delator se atravessariam na sua frente,e deu no que deu.
Paulo fez "carreira"no CPERS assim como tantos outros,só que depois de feitos,nunca mais apareceram no lugar donde saíram.
Agora pobre? pede clemência.

Anônimo disse...

Deixa ele apodrecer na cadeia!

Anônimo disse...

Pt bom e pt presso tinha que pagar um valor maior ainda pede para o nove dedo pagar a conta

Anônimo disse...

Soltar ladrão incorrigível? NUUUUUNNNNCAA!!!!! Ladrão-mentiroso-caloteiro,
tem é que ornear no xilindró!

Unknown disse...

So 1 milhão? Aumenta aí Dr...