Zelador do triplex lava a alma dos brasileiros ao atacar os advogados de Lula:"Vocês não passam de lixo !"

CLIQUE AQUI para ver o desabafo do zelador do triplex contra os advogados de Lula.

José Afonso Pinheiro, ex-zelador do edifício Solaris no Guarujá, lavou a alma de todos os brasileiros, segundo contou esta tarde o blog O Antagonista. 

Em audiência presidida pelo juiz Sérgio Moro, o ex-zelador confirmou que Lula era o dono do triplex e deu detalhes da vistoria feita por Marisa Letícia no imóvel.

Conta o blog que o clima esquentou quando Cristiano Zanin quis explorar a candidatura de Pinheiro a vereador pelo PP (ele não foi eleito). Desempregado, o ex-zelador se irritou com a pergunta e, emocionado, deu uma lição moral no advogado de Lula.


- Você não sabe o que é uma pessoa tá desempregada, passando por uma dificuldade terrível! Fui envolvido numa situação que não tenho culpa nenhuma... Perdi meu emprego, perdi minha moradia. E você vem querer me acusar ? Falar alguma coisa contra mim ? Quem é você para falar ? Você nunca passou por isso ? Posso falar quem vocês são ? Vocês são um bando de lixo! Lixo! O que vocês fizeram com nosso país...

CLIQUE AQUI para ler o Paraná Portal e também examinar o vídeo com a fala de Pinheiro.

37 comentários:

Anônimo disse...

Mais um motivo pra este traste mentiroso e corrupto apodrecer na cadeia. Nessas horas fazem de tudo pra esmagar o pobre do zelador, brasileiro, negro e honesto. Este vídeo deve ser compartilhado e assistido especialmente pelas associações que defendem a igualdade racial e vamos ver se elas são coniventes com o ataque dos corruptos contra o cidadão que apenas falou o que viu.

Anônimo disse...

mais um malandrinho comprado pela FIESP para depor

Anônimo disse...

Bravo, Sr. José Afonso Pinheiro!!!!!!
O senhor foi sincero, honesto e ético como tantos brasileiros trabalhadores e humildes.
O senhor falou a mais pura verdade ao chamar esses dotoadevogadozinhosdiportadicadeia de lixos. São LIXOS pagos para serem canalhas, corruPTos, mentirosos, velhacos, destruidores de reputações, enfim, tudo o que tem de pior nos petralhas.
Torço para que o senhor consiga estabilizar sua vida pessoal e profissional, pois o senhor exerce uma das maiores virtudes dos homens com H maiúsculo: a VERDADE.
Tenha a certeza de que será muito bem recompensado, além de poder dormir o sono dos justos todas as noites, ao contrário de 9dedos que precisa de litros de cachaça para se anestesiar e cair no sono cheio de pesadelos.
Profª Sonia

André Luis disse...

Alguém deveria conseguiu um trabalho para este zelador. O brasil é um lugar injusto em que os corruptos Petralhas vivem na mordomia com dinheiro para pagar advogados enquanto

que o zelador honesto não consegue sequer um emprego.

Anônimo disse...

Caro editor. Veja uma parte do depoimento do referido zelador.
"Quando tinha problemas na unidade 164-A, eu entrava em contato com a engenheira Mariuza", afirmou, referindo-se a funcionária da OAS que detinha as chaves do imóvel e que já testemunhou em juízo que nem Lula nem sua família jamais tiveram acesso à chave.

Anônimo disse...

http://www.jornalnh.com.br/_conteudo/2016/12/noticias/regiao/2046813-prefeitura-de-bom-principio-alerta-moradores-para-golpes.html

Fica o alerta para moradores de Campo Bom e Novo Hamburgo.

Anônimo disse...

BOA, QUERO VER A MIDIA MOSTRAR FAZER UMA ENTREVISTA COM O ZELADOR QUE LAVOU NOSSA ALMA E METEU A BOCA NOS ADEEEVOGADOS DO LULADRAO , A MIDIA PELEGA ESCONDE PROTEGEM O PT NAO MOSTRAM NEM 10% DA PODRIDAO, CADE O FANTASTICO , JORNLA NACIONAL, GLOBO NEWS.....VAMOS VER SE ELES VAO O ENTREVISTAR COMO ENTREVISTARAM O MINISTRO QUE SAIU DO CARGO E FALOU DO TEMER

Anônimo disse...

ZELADOR QUE FEZ DA LAVA JATO SEU TRAMPOLIM ACUSA LULA:

Chamado a depor na ação contra o ex-presidente Lula, o antigo zelador do edifício Solaris, em Guarujá, José Afonso Pinheiro, chamou os defensores do petista de "um bando de lixo" nesta sexta (16); "Posso falar o que vocês são? Vocês são um bando de lixo, lixo. Isso que vocês são. O que vocês estão fazendo com nosso país", afirmou ele, antes de ser interrompido pelo juiz Sergio Moro; Pinheiro foi zelador do edifício onde fica o tríplex que o Ministério Público diz que seria destinado a Lula pela empreiteira OAS; o zelador foi candidato a vereador em Santos pelo PP neste ano, com o nome de urna "Afonso zelador do tríplex".

16 DE DEZEMBRO DE 2016

247 - Chamado a depor na ação contra o ex-presidente Lula, o antigo zelador do edifício Solaris, em Guarujá, José Afonso Pinheiro, chamou os defensores do petista de "um bando de lixo" nesta sexta (16).

"Posso falar o que vocês são? Vocês são um bando de lixo, lixo. Isso que vocês são. O que vocês estão fazendo com nosso país", afirmou, antes de ser interrompido pelo juiz Sergio Moro.

Pinheiro foi zelador do edifício onde fica o tríplex que o Ministério Público diz que seria destinado a Lula pela empreiteira OAS.

Ele depôs como testemunha de acusação contra o petista e disse que o ex-presidente visitou o apartamento duas vezes com a ex-primeira-dama Marisa Letícia.

O zelador foi candidato a vereador em Santos pelo PP neste ano, com o nome de urna "Afonso zelador do tríplex".

Para os advogados de Lula, porém, isso compromete a isenção da testemunha, que teria interesse nos fatos apurados na ação.

O advogado Cristiano Zanin Martins fez perguntas sobre a carreira política de Pinheiro, como por que resolveu ser candidato e se usava a Lava Jato como tema de campanha. (...)

ESSE é outro vagal que quis de promover nas costas do lula, foi candidato a vereador pelo PP e se ferrou, tá magoadinho o trouxa, até as pedras sabem que ele foi usado, depois levou um pé na bun.....

Anônimo disse...

Está na hora de uma acareação do zelador frente a Dona Marisa e a tal da engenheira da OAS Mariuza, será muito educativo! Aliás, por que esta engenheira não teve ainda condução coercitiva para prestar depoimento na PF? Será ela protegida?

Anônimo disse...

Quanta gente já foi profundamente prejudicada por causa da quadrilha do PT? Lembram do porteiro Francenildo que inicialmente foi crucificado, mas quando apareceu a verdade acabou mandando Palocci para a cadeia? Lembram da analista de um banco que quando disse a verdade a seus clientes, Lula diretamente exigiu que ela fosse demitida? Ela não mentiu, mas o mais honesto dos Brasileiros sim! Notem que o PT destrói trabalhadores quando eles dizem a verdade?

Anônimo disse...

Alguém avisa esse adevogado que para ser politico no Brasil, é preciso apenas, ser brasileiro, maior de idade, alfabetizado, e claro, ganhar as eleições, né luis inácio?

Anônimo disse...

Foto com Aécio, premiações, eventos com tucanos: as violações de Moro ao Código de Ética:

16/12/2016

Jornal GGN - Numa representação encaminhada ao Conselho Nacional de Justiça, no último dia 9, a defesa do ex-presidente Lula listou uma série de artigos do Código de Ética da Magistratura que foram violados pelo juiz federal Sergio Moro em sua busca por "autopromoção".

Ao CNJ, os advogados Roberto Teixeira e Cristiano Zanin enviaram fotos de Moro em eventos organizados por filiados do PSDB, partido que rivaliza com o PT de Lula, incluindo um patrocinado pelo grupo LIDE, do empresário e prefeito eleito de São Paulo João Dória Junior.

A foto em que Moro aparece demonstrando afinidade com o senador e ex-presidenciável Aécio Neves também foi anexada ao pedido para que o juiz sofra sanções por ter agido sem observar o estatuto de sua categoria, que determina imparcialidade e decoro.

No mesmo dia em que tirou a foto com Aécio num evento organizado pela revista IstoÉ - quando também foi agraciado com o prêmio de Homem do Ano - Moro também participou de um evento do governado de Mato Grosso, capitaneado por Pedro Taques (PSDB).

O magistrado também recebeu outras premiações e eventos organizados por veículos da grande imprensa, como O Globo.

Para a defesa de Lula, Moro violou ao menos cinco artigos do Código de Ética da Magistratura. São eles:

Art. 4: "Exige-se do magistrado que seja eticamente independente e que não interfira, de qualquer modo, na atuação jurisdicional de outro colega, exceto em respeito às normas legais.”

Art. 8: "O magistrado imparcial é aquele que evita todo o tipo de comportamento que possa refletir favoritismo, predisposição ou preconceito.”

Art. 13: "O magistrado deve evitar comportamentos que impliquem a busca injustificada e desmesurada por reconhecimento social, mormente a autopromoção em publicação de qualquer natureza."

Art. 15: "A integridade de conduta do magistrado fora do âmbito estrito da atividade jurisdicional contribui para uma fundada confiança dos cidadãos na judicatura."

Art. 16: "O magistrado deve comportar-se na vida privada de modo a dignificar a função, cônscio de que o exercício da atividade jurisdicional impõe restrições e exigências pessoais distintas das acometidas aos cidadãos em geral."

Teixeira e Zanin também apontaram que houve violação ao artigo 36, inciso III, da Lei Orgânica da Magistratura, que assim dispõe: "manifestar, por qualquer meio de comunicação, opinião sobre processo pendente de julgamento, seu ou de outrem, ou juízo depreciativo sobre despachos, votos ou sentenças, de órgãos judiciais, ressalvada a crítica nos autos e em obras técnicas ou no exercício do magistério."

Anônimo disse...

Ganha quem grita mais!

A esculhambação é generalizada!

16/12/2016 - Conversa Afiada

A propósito da sugestiva sugestão dos juízes - "juízes querem que Gilmar (PSDB-MT) vá para a Globo News ao lado do Ataulpho Merval e da Fo-Frete" - o Professor, cada vez mais inspirado enviou também sugestiva observação:

E aproveita para processar a associação de juízes, essa e todas as demais, por falastrice semelhante à do Gilmar (PSDB-MT, diria você) quando se trata da Esquerda.

Vide mensalão, indicação de Lula para ministério e o impedimento de Dilma.

Como eles falaram! E, ao falar, se calavam!

Condenavam e se omitiam!

Sujavam as mãos na cumplicidade!

Nenhuma instituição desse tipo (ou do Executivo ou do Legislativo) tem moral para dar lição de moral em nada.

A esculhambação está generalizada e ganha quem grita mais.

​Em tempo: por falar em gritar mais: veja como o Moro berrou quando o corajoso advogado do Lula o chamou às falas e como o ministro Fux conciliou, quando Gilmar, o justiceiro perdedor ​o destratou, quer dizer, berrou. É professor, e quando o amigo começar a gritar? No paredón: "não, meu filho, é de frente pra mim! Não adianta ficar de costas! "... PHA

Anônimo disse...

E a tua mae? A FIESP pagou?

Anônimo disse...

Só otário Petista ainda defende o LULADRÃO.

Anônimo disse...

Mas a petralhada não diz "defender o pobre, o preto, a puta, o trabalhador, o humilde"? Esses somente servem quando são massa de manobra desses pústulas corruPTos. Se não forem vaquinhas amestradas da esquerdalha, não servem! Show de moral no rábula de porta de cadeia defensor do bebum pilantra, ladrão e corrupto!

Anônimo disse...

E tem petralha ainda que vem aqui defender o pústula, pilantra e cachaceiro do luladrão! Que sabão estragado usaram na lavagem cerebral desses hipócritas defensores do PT? Quebraram o país e jogaram a ética e a moral no lixo e se fazem de desentendidos? Além de burros se fazem de cegos! Vão dormir para criar pulgas... ou melhor: vão para o fundos dos infernos e nos deixem em paz!!!

Anônimo disse...

Cadê os movimentos agora?Não vão aparecer lógico!
Esse corajoso homem além de falar o que o povo quer falar mostra o quanto é desonesto essa gente!

Unknown disse...

Com a palavra a OAB!!!
Entenderam???

Anônimo disse...

A lógica energúmena do anônimo das 21:18h é de uma fragilidade infantil, ou encobre raciocínio mal intencionado mesmo, pois o prédio ainda estava sofrendo reformas e não era seriam o Lula nem sua mulher que abririam a porta do prédio todos os dias para os trabalhadores entrarem, pois havia uma engenheira responsável. Aliás Lula e os seus, apesar dos fartos recursos econômicos, tinham poucos bens em seus nomes, o que qualquer pessoa normal e decente faz. Por que esta situação altamente incomum, ou eles são pessoalmente tão incompetentes que precisam ser tutelados e ter curadores para tudo?? Onde há fumaça, há fogo e a fumaceira é insuportável e insustentável neste caso.Há ao mesmo tempo um laranjal, só que são laranjas corruPTas e vermelhas!

Anônimo disse...

Tal qual o Francenildo do Palloci, não é, o seu "bem" informado ou melhor deformado das 20:21h. Aliás como os trabalhadores atrapalham a vida do PT, foi o Francenildo, demitido, depois a funcionária do banco que disse honestamente a seus clientes do perigo da economia brasileira e diretamente demitida por Lula, portanto demitida e agora o porteiro, casualmente também demitido! Todos trabalhadores que disseram a verdade foram demitidos, já na Petrobrás não demitiram nenhum, por serem mentirosos e estes mentirosos ajudaram a destruir a empresa. Agora serão demitidos!

Unknown disse...

À propósito: A OAB tem Conselho de Ética???

Anônimo disse...

Ou seja : um do PP e outro do PT numa audiencia !

Queriam o quê ? Debate em alto nível ?

Anônimo disse...

Engraçado o Francelino também não encontrava mais emprego em Brasilia, lembram do caso Paloci? Será que é mera coincidência?

Rocco disse...

Concordo... A família de vagabundos prejudicou um trabalhador que estava em pleno cumprimento de suas funções... portanto um absurdo ter um partido usando o nome dos Trabalhadores, sendo que só gerou desemprego... Parece uma praga que por onde passa, não nasce mais grama...

Anônimo disse...

Polibio, no teu blog CHOVE DE LADRÕES FRUSTRADOS ou de LADRÕES MESMO!
Ser petralha é o resultado de um ABORTO DA NATUREZA!!!

PAULO SA disse...

ISSO QUE O ZELADOR DIZ É O QUE O POVO DEVIA DIZER DESTE BANDO DE VIGARISTA , PARABENS JOSÉ AFONSO , TEMOS QUE COMEÇAR ATACAR ESTA CAMARLHA DE MAFIOSOS QUE ASSALTARAM O PAIS , AONDE ELES FORAM TEMOS QUE BOTAR A CORRER ESTES VAGABUNDOS , E ADMIRO O PEITO E A GRANA QUE ESTES ADVOGADOS ESTÃO RECEBENDO PRA DEFENDER ESTE TIPO DE GENTE...........

Anônimo disse...

o zelador nos representa pobre , e tambem sofrido como o povo do pais q está agonizando parabens ao zelador olhei os videos no you tube me deu nojo do advogado querendo o culpar como se ele fosse o dono do triplex, tentando o intimidar se valendo da sua pouca instruçao sim pro ser humilde o advogado tentou torna- lo como q culpado, mas o zelador deu um nó no advogado até ele percebeu a suja artimanha do advogado q até cortou sua fala n deixava o zelador responder - advogado cinico e fraco deveria é falar quem paga esta fortuna p tantos advogdaos por tanto tempo o salario do molusco nao dá p isto.... quem será q paga

Anônimo disse...

o zelador detalhou tudo, disse q os engenheiros da oas mandavam ele dizer que o triplex era da oas e nao de lula, tambem disse e que o apartamento nunca foi visitado por ninguem p venda todos lá sabiam q o triplex era de lula, a marisa e o molusco visitaram as obras e a amrisa tratava como dela até um elevador foi colocado internamente sim no lado de dentro do triplex foi instalado um elevador o unico q teve esta mordomia foi este triplex = cadeia no molusco e na muié dele já kkkkk

Anônimo disse...

Ué! Trabalhador despedindo trabalhador? Achei que só patrão despedia trabalhador. Lula pegou o Brasil em pleno desenvolvimento e o jogou no desemprego, na miséria, no fundo do poço. A uma semana para as festas de final de ano e não se tem o que comemorar. 13 milhões de desempregados, saúde precária, educação entregue a Sindicato dos partidos de esquerda que nada fazem por ela e violência em toda parte. A todas as novas elites surgidas dentro da Câmara dos Deputados Federal, Senado e as outras Instituições que dão apoio direto aos que surrupiam o suor dos trabalhadores, desejo a Justiça. Ao zelador como o exemplo da reportagem, desejo a ele e aos 13 milhões de desempregados, que o Novo Ano traga a todos um bom emprego, para que possamos viver com dignidade.

Anônimo disse...

O zelador foi demitido porque era negro, pobre e falou a verdade sobre o triplex do Lula, aos representantes da Justiça. Lula foi extremamente covarde ao ponto de demitir um inocente e pobre trabalhador do seu trabalho, por não ter compactuado com a patifaria institucionalizada do PT.

Anônimo disse...

Pela conducao das audiencias se o moro tivesse um mínimo de bom senso se declararia suspeito. Moro sera condenado pôr tribunais internacionais. Quem viver vera. Uma vergonha q conducao destas audiencias. Um processo de faz de conta. Onde a unica testemunha das 23 a acusou lula teve um tratamento de presidente ou.de autoridade kkk olha estou sendo bem light.

Anônimo disse...

O editor só esqueceu de "frizar" que o Zelador foi candidato a vereador pelo PP de Paulo Maluf. Sua plataforma era dar pau no lula, obviamente que não foi leito.

Anônimo disse...

Petralha detected

Anônimo disse...

Afonso do triplex, o ex-zelador, não acrescenta nada à acusação de Moro
O Jornal de todos Brasis
Afonso do triplex, o ex-zelador, não acrescenta nada à acusação de Moro
60
SAB, 17/12/2016 - 19:56
ATUALIZADO EM 17/12/2016 - 19:58
A testemunha de acusação elencada pelo MPF-PR tentou a sorte na política neste ano, mas não foi eleito
Crédito: Divulgação

Jornal GGN - O ex-zelador do triplex fatídico deu seu testemunho ao juiz de primeira instância Sérgio Moro. No seu texto, além de chamar políticos de "lixo", não apresentou nenhuma prova para sustentar acusação dos promotores contra Lula. Moro negou à defesa o direito de fazer perguntas.

Afonso José Pinheiro, o Afonso do Triplex nas eleições, é ex-zelado do edifício Solaris e seu depoimento aconteceu ontem, dia 16, na Justiça Federal de Curitiba. Ele é testemunha de acusação que afirma que o triplex da OAS é de propriedade do ex-presidente.

O juiz de primeira instância, Sérgio Moro, não permitiu que a defesa fizesse perguntas ao ex-candidato a vereador pelo PP, se ele fizera menção ao ex-presidente em seus discursos de campanha ou ainda se ele apoiara a prefeito alguém de partido de oposição ao PT na última eleição. Moro, juiz de primeira instância, também proibiu que a defesa fizesse perguntas sobre falas públicas do candidato sobre Lula.

Quando Moro permitiu que ele respondesse algo, o ex-zelador do Solaris diz que entrou na política depois de ter sido demitido do cargo pela polêmica do triplex. Diz ele que foi o que "mais sofreu" em toda esta história, com a qual não tinha nenhum relação. Moro, solidário, ao fim da audiência lamentou que ele tivesse perdido o emprego. Mas ele disse estar novamente empregado.

Em um momento do depoimento, Afonso do Triplex ofendeu a defesa de Lula e os políticos em geral, chamando todos de "lixo", e dizendo que a defesa desrespeitava Moro.

Afonso disse que "todos no condomínio sabiam que Lula era dono", mas não conseguiu apresentar nenhuma prova para esta alegação. Disse que em seus contatos pessoais com os outros moradores das quatro torres, resolvia problemas nos apartamentos, mas no 164-A, alvo da questão, seu contato nunca foi com a família de Lula, mas com a OAS, que é proprietária de fato e direito do imóvel.

"Quando tinha problemas na unidade 164-A, eu entrava em contato com a engenheira Mariuza", disse ele sobre o referido apartamento e sobre a funcionária da OAS que tinha as chaves do imóvel e que já testemunhou afirmando que nem Lula nem a família jamais tiveram acesso à chave.

Afonso, o ex-zelador, admitiu nunca ter visto qualquer documento que demonstrasse a propriedade do imóvel como sendo do ex-presidente e de Dona Marisa. E disse que eram os corretores que usavam esta possiblidade como propaganda de venda de imóveis, a de que Lula seria proprietário de uma unidade.

O ex-zelador disse mais, que Igor Pontes, da OAS, o repreendeu por dizer que o apartamento seria de Lula, no lugar de dizer que era da OAS.

Afonso foi o único, entre as 23 testemunhas, que disse que Lula visitou o apartamento duas vezes, e não apenas uma.

Rosivane Soares Cândido, engenheira da construtora Talento, que trabalhou na reforma do triplex do Guarujá, também foi ouvida no mesmo dia que Afonso. Ela afirmou ter presenciado a visita de Dona Marisa e do filho somente uma vez ao imóvel. Disse que ouviu da OAS que Lula seria um cliente em potencial, e que ouviu somente boatos, de comerciantes e trabalhadores do local, como o ex-zelador, de que Lula seria proprietário de uma unidade.

Ela disse que, de concreto, jamais viu qualquer documento que comprovasse os boatos, e que sua empresa foi contratada pela proprietária do apartamento, a construtora OAS.

Anônimo disse...

Afonso do triplex, o ex-zelador, não acrescenta nada à acusação de Moro:

17/12/2016

A testemunha de acusação elencada pelo MPF-PR tentou a sorte na política neste ano, mas não foi eleito
Crédito: Divulgação

Jornal GGN - O ex-zelador do triplex fatídico deu seu testemunho ao juiz de primeira instância Sérgio Moro. No seu texto, além de chamar políticos de "lixo", não apresentou nenhuma prova para sustentar acusação dos promotores contra Lula. Moro negou à defesa o direito de fazer perguntas.

Afonso José Pinheiro, o Afonso do Triplex nas eleições, é ex-zelado do edifício Solaris e seu depoimento aconteceu ontem, dia 16, na Justiça Federal de Curitiba. Ele é testemunha de acusação que afirma que o triplex da OAS é de propriedade do ex-presidente.

O juiz de primeira instância, Sérgio Moro, não permitiu que a defesa fizesse perguntas ao ex-candidato a vereador pelo PP, se ele fizera menção ao ex-presidente em seus discursos de campanha ou ainda se ele apoiara a prefeito alguém de partido de oposição ao PT na última eleição. Moro, juiz de primeira instância, também proibiu que a defesa fizesse perguntas sobre falas públicas do candidato sobre Lula.

Quando Moro permitiu que ele respondesse algo, o ex-zelador do Solaris diz que entrou na política depois de ter sido demitido do cargo pela polêmica do triplex. Diz ele que foi o que "mais sofreu" em toda esta história, com a qual não tinha nenhum relação. Moro, solidário, ao fim da audiência lamentou que ele tivesse perdido o emprego. Mas ele disse estar novamente empregado.

Em um momento do depoimento, Afonso do Triplex ofendeu a defesa de Lula e os políticos em geral, chamando todos de "lixo", e dizendo que a defesa desrespeitava Moro.

Afonso disse que "todos no condomínio sabiam que Lula era dono", mas não conseguiu apresentar nenhuma prova para esta alegação. Disse que em seus contatos pessoais com os outros moradores das quatro torres, resolvia problemas nos apartamentos, mas no 164-A, alvo da questão, seu contato nunca foi com a família de Lula, mas com a OAS, que é proprietária de fato e direito do imóvel.

"Quando tinha problemas na unidade 164-A, eu entrava em contato com a engenheira Mariuza", disse ele sobre o referido apartamento e sobre a funcionária da OAS que tinha as chaves do imóvel e que já testemunhou afirmando que nem Lula nem a família jamais tiveram acesso à chave.

Afonso, o ex-zelador, admitiu nunca ter visto qualquer documento que demonstrasse a propriedade do imóvel como sendo do ex-presidente e de Dona Marisa. E disse que eram os corretores que usavam esta possiblidade como propaganda de venda de imóveis, a de que Lula seria proprietário de uma unidade.

O ex-zelador disse mais, que Igor Pontes, da OAS, o repreendeu por dizer que o apartamento seria de Lula, no lugar de dizer que era da OAS.

Afonso foi o único, entre as 23 testemunhas, que disse que Lula visitou o apartamento duas vezes, e não apenas uma.

Rosivane Soares Cândido, engenheira da construtora Talento, que trabalhou na reforma do triplex do Guarujá, também foi ouvida no mesmo dia que Afonso. Ela afirmou ter presenciado a visita de Dona Marisa e do filho somente uma vez ao imóvel. Disse que ouviu da OAS que Lula seria um cliente em potencial, e que ouviu somente boatos, de comerciantes e trabalhadores do local, como o ex-zelador, de que Lula seria proprietário de uma unidade.

Ela disse que, de concreto, jamais viu qualquer documento que comprovasse os boatos, e que sua empresa foi contratada pela proprietária do apartamento, a construtora OAS.

Anônimo disse...

Bah ! cada idiota comentando.
Tche, seja brasileiro e pense no BRASIL não em políticos CORRUPTOS.
Que coisa mais lamentável e degradante uma pessoa assim,