Veja, com exclusividade, revela que Temer é citado pela segunda vez em delação da Odebrecht

A foto ao lado é de Adriano Machado, Reuters, conforme Veja.


A revista Veja deste final de semana revela que um dos principais executivos da construtora Odebrecht, o empresário Márcio Faria da Silva disse à Procuradoria-Geral da República que operacionalizou o repasse de recursos a pedido do presidente Michel Temer e do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A liberação do dinheiro, segundo contou, estava vinculada à execução de contratos da empreiteira com a Petrobras. É a segunda denúncia do gênero feita por diretores da Odebrecht. No total, 77 diretores e executivos do grupo fizeram ou fazem delações ao MPF.

Leia toda a reportagem:

A informação consta no acordo de delação premiada assinado pelo executivo. Em 2010, Michel Temer recebeu, em seu escritório político em São Paulo, Márcio Faria da Silva para uma conversa, da qual também participaram Eduardo Cunha e o lobista João Augusto Henriques, coletor de propinas para o PMDB dentro da Petrobras.

O Palácio do Planalto confirmou o encontro, mas informou que foi Cunha quem pediu a conversa a Temer, dizendo que o executivo gostaria de conhecê-lo.  A assessoria do presidente acrescentou que na reunião, que teria durado cerca de 20 minutos, não se tratou de questões financeiras, mas só de formalidades. Nada além disso. “Se, depois da conversa de apresentação do empresário com Temer, Eduardo Cunha realizou qualquer acerto ou negociou valores para campanha, a responsabilidade é do próprio Eduardo Cunha”, afirmou a assessoria de Temer.

Márcio Faria da Silva é um dos 77 delatores da Odebrecht.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

9 comentários:

Anônimo disse...

a galera do pmdb será citada pelos 77 delatores e, pasmem não terão direito a um power point, é sacanagem com os chupins do pmedb. #temernapapuda

Anônimo disse...

- TODO O VAZAMENTO EM RELAÇÃO A TEMER É CRIMINOSO!! Explico: Temer NÃO pode ser investigado enquanto estiver na Presidência, por fatos anteriores ao cargo atual, EXCETO PELO TSE, POR EVENTUAL CRIME ELEITORAL!!!

Anônimo disse...

Isso só mostra que as eleições de 2010 e 2014 foram fraudadas.

Anônimo disse...

Os gerentes e diretores da Odebrecht além de ganharem um seguro de R$ 15.000,00 por 10 anos para abrirem o bico agora acho que estão faturando com os vazamentos também....

Anônimo disse...

E nos brasileiros sendo administrado por um canalha corrupto, ladrão da pior espécie, e pior ainda, com o apoio da mídia, de muitos blogueiros, da extrema direita

Anônimo disse...

ele e luladrao -odebercht disse que luladrao recebeu grana milhoes e milhoes em maos, o que esperar se temer e dilmalandra eram aliados

dilmalandra tambem foi bem citada d novo - odebercht ja tinha dito q ela lhe pediu pessoalmente 12 milhoes há meses atras mas até hoje nao foi investigada é blindada pelo stf afinal dos 11, 8 foram indicados pelo pt

delcidio amaral do pt delatou q dilmaandra e luladrao agiram juntos e tentaram sabotar investigaçoes delatou q dilmalandra queria q o ministro indicado por ela no stj ajudasse a livrar presos da odebrecht incluindo o odebrecht p eles nao fazerem delaçoes

Anônimo disse...

Notícia requentada. A Veja está fazendo o trabalho sujo da Carta Capital. E sobre a quarta ou quinta denúncia contra o Lula e família? Sobre as maracutaias do general do crime? Silêncio... Querem eleição já para eleger quem???

Anônimo disse...



TEMER É DO PT? NÃO

Então não dá nada!



Anônimo disse...

O temer deveria ter saído junto com a Dilma no impeachment. O vice se elege junto com a votação do Presidente. É óbvio que PT/PMDB estavam muito preocupados com as reformas e o bem do povo brasileiro.