Trabalhadores imigrantes crescem 131% no Brasil de 2010 a 2015

Entre os anos 2010 e 2015, os trabalhadores imigrantes aumentaram em 131% a presença no mercado de trabalho formal, passando de 54.333 em 2010 para 125.535 em 31 de dezembro de 2015, segundo os dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Apesar desse crescimento, os trabalhadores imigrantes correspondem a menos de 0,5% da força de trabalho no mercado formal.

No entanto, entre outubro de 2015 até junho de 2016, pela primeira vez na década atual e desde o começo da crise econômica, os imigrantes passaram a ser afetados também com a perda de emprego.

2 comentários:

Alberto disse...

...até a hora em que os nossos desempregados irão se revoltar contra.

Anônimo disse...

Aqui acolhemos desempregados de todas as nacionalidades, principalmente do BRASIL....