Sartori autoriza retorno de 500 brigadianos à ativa

O governador José Ivo Sartori sancionou nesta terça-feira, lei que reforça o efetivo da Brigada Militar. A medida havia sido anunciada no conjunto de iniciativas do Plano Estadual de Segurança Pública, foi aprovada pela Assembleia e agora é lei.

No Estado, existe o Corpo de Voluntários Inativos da Brigada Militar (CVMI), que garante uma gratificação àqueles já aposentados para atuarem exclusivamente junto à Secretaria da Segurança Pública e Brigada Militar. Para incentivar esse retorno, o governo propôs o aumento do valor da gratificação especial de retorno à atividade dos atuais R$ 1.181,51 para R$ 2,4 mil a partir de dezembro.

Com a medida, a expectativa é de que até 500 servidores possam retomar os serviços da ativa, prioritariamente em videomonitoramento e patrulha escolar.