terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Saiba como salário de procurador federal pode superar R$ 120 mil por mês.

Foi extraordinária a repercussão desta reportagem de Tainara Machado, jornal Valor de ontem, que demonstrou que as indenizações podem até quadruplicar o salário mensal de um procurador do Ministério Público Federal (MPF). Em alguns meses, a combinação de auxílios para moradia, alimentação e ajuda de custo fizeram com que procuradores chegassem a receber até R$ 121 mil, dos quais R$ 96 mil em indenizações.

Leia tudo com atenção:

Essas compensações representam 30,4% do gasto com a folha dos servidores ativos do MPF, de acordo com levantamento do Valor a partir de dados do Portal da Transparência.

Por causa das indenizações, entre 10% e 20% dos procuradores ganham, todos os meses, mais do que o teto constitucional, dado pelo salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal, de R$ 33,7 mil.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

19 comentários:

Anônimo disse...

Políbio,

Não tem ninguém inocente dentro do serviço público brasileiro.

A caça aos corruptos é necessária para a "preservação da espécie" em detrimento dos 200 milhões de "vassalos".

Poucos salvam-se. A maioria só quer "arrancar" o máximo que puder.

JulioK


ganhatudo disse...

Esses sim são os servidores públicos de primeira classse. Os demais sçao de segunda e terceiras classes.
Os novos marajás.
Isto fará com que, cada vez mais, percam a credibilidade perante o povo brasileiro, que não é bobo.
E ainda se acham perseguidos e não respondem perante nenhuma outra autoridade a não ser eles próprios.
Pode isto, Arnaldo?

Anônimo disse...

é um absurdo!
deveriam receber no máximo 10 salários mínimos.
e ainda se acham seres superiores cheios dos "direitos"
apenas porque decoraram algumas páginas de conteúdos...

alguém sabe quantas pessoas representam estes 30,4% do valor?
e quantas pessoas representam os outros 69,60%?

Anônimo disse...

QUE VENHA A LEI P COLOCAR O SALARIO DEVIDO,MAS SEM TOCAR NA LAVA JATO,POIS TIVERAM ANOS P CONCERTAR E NADA FIZERAM AGORA INVENTARAM DE MUDAR A LEI P CALAR A JUSTIÇA- FORA VERMELHOS, AVANTE LAVA JATO

Anônimo disse...

Guloseimas de Temer alimentariam 900 famílias do programa Bolsa Família por mês:

27/12/2016

Jornal GGN - É destaque na coluna do jornalista Lauro Jardim, nesta terça (27), que o governo Michel Temer abriu licitação para comprar comida para abastecer o avião presidencial. Entre as guloseimas para o chamado "Breakfast PR" estão 500 potinhos de sorvete Häagen-Dazs. Cerca de 200 cafés da manhã prontos custarão R$ 1,75 milhão em apenas um ano, cerca de R$ 145 mil por mês.

O custo de cada café no avião, R$ 96, é mais do que o dobro do valor que milhares de beneficiários do Bolsa Família recebem por mês. Em 2015, a média mensal de recursos recebidos por cada família ficou no patamar dos R$ 161,69, segundo dados do antigo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

Isso significa que um mês de café no avião de Temer ao custo aproximado de R$ 145 mil poderia sustentar pelo menos 900 famílias do programa de transferência de renda criado em 2003, por Lula.

Por Guilherme Amado

Na coluna de Lauro Jardim (O Globo)

Os 500 sorvetes Häagen-Dazs de Temer

O Palácio do Planalto abriu uma licitação para comprar comida para abastecer o avião presidencial, que serve Michel Temer e seus convidados durante um ano. O valor previsto para ser gasto, no total, é de R$ 1,75 milhão.

O café da manhã de Temer no avião será incrementado. Com o nome "Breakfast PR", foram encomendados 200 cafés da manhã prontos, ao custo de R$ 96 cada, com presunto de parma e queijos brie, provolone e muçarela de búfala.

Mas Temer foi exigente mesmo com os sorvetes. Da marca americana Häagen-Dazs, foram encomendados 500 potinhos, totalizando R$ 7.500. Também pediu 50 Cornetos, 50 picolés Tablitos, 50 Chicabons, 50 Eskibons e 50 Frutillys. Foram pedidos ainda 300 picolés sem lactose.

O maior gasto, no entanto, será com tortas de chocolate. Foi pedida uma tonelada e meia de torta, ao custo total de R$ 96 mil.

A propósito, Temer deve mesmo gostar de doce. O Planalto encomendou 120 potes de Nutella, a R$ 34 cada um.

Entre os produtos especificados, estão ainda quatro tipos de açúcar, seis tipos de iogurte e seis tipos de geleia. Só de geleia, serão gastos R$ 27.500.

Com sal do Himalaia, aquele rosa, serão gastos R$ 1.600.

Mas cara mesmo está a cotação do sanduíche de mortadela. Cada unidade pedida pelo Planalto custa R$ 16,45.

Anônimo disse...

Não são os Procuradores que ganham muito. Eles estudaram, se prepararam e passaram em Concursos. Estão aptos para seus cargos. O povo é quem deve trilhar o mesmo caminho buscando sempre nivelar por cima e nunca por baixo, como os últimos governos fizeram com o povo. Os políticos se auto reajustaram seus salários em patamares altíssimos e muitos não tem nem o primeiro grau. Se justifica? Esses ignorantes, analfabetos e semi analfabetos ganharem um salário tão alto? Claro que não, mas o povo não reagiu. Devemos mudar não começando pelos Procuradores, mas sim escolhendo melhor os políticos que elegemos para nos representar. Sendo assim com certeza o país vai crescer e oferecer oportunidades de crescimento para todos. Tendo pessoas com nível superior e comprometimento com sua função no Congresso, certamente o país vai mudar e para melhor. Simples assim.

Anônimo disse...

São bem pagos para trabalharem bem.
Estou orgulhoso do trabalho dos nossos Procuradores da República. Merecem até um aumento salarial.
Que continuem desratizando o país.
Procurem muito senhores Procuradores.
Quem procura acha.

Anônimo disse...

Editor não seja igual à concorreência.
Eles, a concorrência, estavam vociferando contra uns picolés que serão servidos no avião presidencial, mas não noticiam nada sobre a operação Zelotes!
E aí pergunto eu, onde está a liberdade de imprensa?

Unknown disse...

Este é o câncer do Brasil!!!
As cortes inflaram seus polpudos ganhos e os outros poderes fizeram de conta que não viam para que o Judiciário fizesse o mesmo com seus pixulecos via Foro Privilegiado e impunidade!!!
Esta é a verdadeira Omertà brasileira!!!

Jorge Santos disse...

A nomenclatura correta é procurador da república. Procurador federal é outro cargo.

Anônimo disse...

moral de cueca. Marajás abusadores.

Anônimo disse...

se formos comparar a maioria dos procuradores com os Ministros! Não há o que se discutir. Merecem o que recebem o honram o trabalho. Parabém e salario merecido.

Anônimo disse...

Limites são para serem respeitados em uma sociedade decentemente democrática e os tais dos direitos adquiridos também tem que ter limites o que com um congresso mais a direita tem bastante maiores chances de ocorrer, pois a esquerda é inerentemente parasitária e mamadora, basta ver a vida pessoal do maior ídolo das esquerdas , aquele que escreveu livros que poucos esquerdistas leram e quase nenhum entendeu nada, principalmente nossos "intelequituais"!

Anônimo disse...

Isso não é salário.
É roubalheira legalizada!

Anônimo disse...

E OS SALARIOS POLPUDOS DE SENADORES POR QUE NINGUEM FALA, E OS SALARIOS POLPUDOS DE SERVIDORES DE CAFEZINHO, ACENSSORISTAS TEM GENTE GANHANDO 8, 10 MIL P SERVIR CAFEZINHO,POR QUE NINGUEM FALA DISTO

Anônimo disse...

Editor faz muito bem em usar levantamento de terceiro. Se buscasse os valores por conta própria no site da transparência e publicasse seria processado em mais de 100 comarcas Brasil afora, como aconteceu recentemente com outro jornalista. Cambada de canalhas sangue sugas.

CESAR disse...

Infelizmente o tão respeitado e indiscutível JUSTIÇA BRASILEIRA acabou, porque em toda a sua hierarquia, estão pessoas sem as mínimas condições morais, de exercerem seus cargos. Como pode alguém receber, funcionário publico, receber mais de 140 salários mínimos mensalmente, e achar que está certo, que merece receber este valor porque presta serviços que comportam estes valores! Logico que a vaidade e a arrogância , tomou conta do sujeito. E tem mais, dinheiro de impostos, que pagamos mensalmente! Vergonha e cara de pau!

Anônimo disse...

121mil é pouco pelo trabalho que realizam.

Anônimo disse...

sâo eternos, enquanto o estado não quebrar.
Só direitos adquiridos.
Bem, quero o meu direito adquirido. Pagava 19% do PIB de imposto em 1990. Quero manter esse percentual. Alguém pode dizer como fazer!
Ou o direito é só do funcionário público.
caraca