Porto Alegre é a Capital onde o trabalhador gasta menos tempo para chegar ao trabalho

Uma pesquisa sobre mobilidade ( que é publicada nos jornais de hoje e que ouviu 2.450 pessoas, sendo 48% homens e 52% mulheres, todas economicamente ativas, com uma idade média de 36 anos (intervalo observado: de 18 a 60 anos) e residentes em 9 capitais – São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Curitiba, Salvador, Brasília e Goiânia, indicou que Porto Alegre e Curitiba são as cidades onde os trabalhadores gastam menos tempo para chegar ao trabalho. 

A pesquisa, Mobilidade Alelo, foi realizada pela Alelo, empresa do segmento de benefícios e cartões pré-pagos, em parceria com o Ibope/Conectaí.

A  pesquisa de mobilidade apontou que, em média, 63% dos trabalhadores das principais capitais brasileiras demoram cerca de 40 minutos para se deslocarem de casa até o trabalho. Calculados sobre os 22 dias úteis do mês, são mais de 13h em trânsito. Por ano, são seis dias e meio para chegar ao destino. Já a distância percorrida para 65% das pessoas não ultrapassa os 20km. Por dias úteis são 440km, e por ano, representa 5.280km rodados.

Em Porto Alegre, cidade na qual os trabalhadores perdem menos tempo no trânsito: a distância percorrida é de até 13,6 quilômetros e o tempo fica em torno de 29 minutos para chegar ao trabalho. 

3 comentários:

Anônimo disse...

Pena que depois de trabalharem funcionários públicos não ganham seus salários.

Anônimo disse...

APOSTO QUE OS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS NÃO SE IMPORTARIAM DE GASTAR MAIS 15 MINUTOS PARA CHEGAR A SUAS REPARTIÇÕES MAS NO FINAL DO MES GANHAREM SEUS PROVENTOS.

Anônimo disse...


Com certeza a pesquisa não encontrou nenhum trabalhador de PoA, que more na região metropolitana, porque o resultado seria bem diferente.