Polícia Federal desfecha Operação PHD. Prisões, buscas e apreensões são feitas em três campus da Ufrgs

Desde o início da semana eram fortes os rumores, mas só nesta sexta-feira a Polícia Federal desfechou a Operação PHD, inclusive com mandados de prisões, busca e apreensão para investigar o desvio de recursos de programas federais de incentivo à pesquisa no Rio Grande do Sul. As irregularidades estariam relacionadas principalmente ao Projeto SUS Educador. A ofensiva, chamada de PHD, cumpre hoje seis mandados de prisão, dez de busca e apreensão e dois de condução coercitiva em Canoas, Pelotas e Porto Alegre.  

O rombo é de R$ 99 milhões e a quantia desviada apurada, até o momento, é de aproximadamente R$ 5,8 milhões.

A investigação foi niciada há seis meses, a investigação revelou a atuação de associação criminosa que se utilizava da coordenação de projetos relacionados à área de Educação em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), com o objetivo de desviar recursos, em especial, do Programa de Extensão em Saúde Coletiva: Educação Continuada (PESC) e do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGCOL).

18 comentários:

Unknown disse...

"PÁTRIA EDUCADORA"
A HERANÇA PERVERSA DO POPULISMO NA EDUCAÇÃO BRASILEIRA!!!
UM CÂNCER QUE PODE MATAR O FUTURO DO BRASIL!!!

Anônimo disse...

Socialistas gaudérios!


Unknown disse...

Aliás...por que não criar o Ministério da Corrupção, com a UFRGS largando na frente e incluindo, desde já, um curso de Gestão Fraudulenta como sua principal bandeira dos novos tempos para a economia populista brasileira???

Unknown disse...

Ironias à parte, lembramos aos docentes da UFRGS que hoje não é um dia bom para elles:
é o DIA INTERNACIONAL DO COMBATE À CORRUPÇÃO!!!

lucia maria disse...

Aonde não se rouba na coisa pública?

Anônimo disse...

Me conte uma novidade se NÂO tiver nenhum petralha envolvido.

Anônimo disse...

Essa é só uma das moléculas de H2O do vértice do iceberg das Universidades Federais governo pt.....

Anônimo disse...

Não é por outra, que esses prof.doutores das universidades públicas, tanto defendem o partido DONO DA ÉTICA E DA HONESTIDADE.

- Eu já dizia, lá por 1995, que esse partido, que batia no peito chamando todos os políticos de corruptos, esse partido uma vez no governo ROUBARIA IGUAL OU MAIS DO QUE OS OUTROS GOVERNOS. A extensão da roubalheira, não tem fim.

- Qdo será que o Ali Babá, chefe dessa quadrilha, será preso...???

Anônimo disse...

O que essa gente fez com a Educação. Não há lugar público onde não subtraíram vultosos recursos na ordem de milhões. Isso explica as invasões na Universidade. Quem seriam esses gestores do dinheiro público na Universidade?

Anônimo disse...

Algum petralha, poderá me informar, por onde deve andar o Sgarbi, petralha defensor desse partido...???

Anônimo disse...

SÃO ESTES QUE FAZEM GREVE NAS UNIVERSIDADES CONTRA O TEMER.......

DESDE A ÉPOCA DO LULA ESTES VERMES PRÓ cuba VEM ROUBANDO O NOSSO DINHEIRO.

NÃO CRIAM NADA, FICAM FALANDO O DIA TODO EM CHE GUEVARA.

Anônimo disse...

Quem que fazer um pente fino em todas instituicoes ligadas à educação, quadruplicaram o orcamento do MEC desde 2003 e os resultados foram desastrosos, isso prova que não é falta de verba na educação, é falta de boa Gestão, competencia e honestidade.O dinheiro não foi para o cerebro dos muitosnbrasileirinhos, deve ter ido para bolsos de poucos barasileiros espertalhões.

Anônimo disse...

Perguntar não ofende:A verdadeira operação ocupa Universidades começou?

Anônimo disse...

Aposto que eram do sindicato.

Anônimo disse...

Quando investigarem as DE's com atividade particular então....

Anônimo disse...

Que a PF procure nas outras áreas de estudo também, pois essas bolsas de Mestrado e Doutorado são distribuídas somente aos alunos com QI (Quem Indicou)

Anônimo disse...

Os três principais nomes do PSDB para a disputa da Presidência da República em 2018 já foram citados em delações da Operação Lava Jato. O mais recente deles é o governador paulista, Geraldo Alckmin. Em praticamente todos os casos, o esquema envolveria dinheiro de caixa dois para campanhas.

Antes da menção à Alckmin, delatores citaram casos envolvendo os nomes de José Serra, atual ministro das Relações Exteriores, e do senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB. Os três negam as acusações. Veja, abaixo, as principais acusações:

antonio disse...

Pessoas, como em todas as áreas de nossa vida cotidiana, não são todos que são corruptos ou bandidos(dá na mesma). Tem docentes interessados somente em ensinar, sem obter dinheiro em fraudes. Há técnicos de caráter também, não podemos generalizar. Em todas as áreas há gente honesta e gente corrupta. Saibamos diferenciar e respeitar os honestos.