PEC propõe economizar R$ 126 milhões anuais gastos com sindicalistas chapas brancas

Apesar das fortes pressões dos líderes sindicais chapas brancas, a base aliada conseguiu emplacar a votação da PEC 256/2016 que manda seus sindicatos pagarem seus salários.

Atualmente, o governo paga os salários dos sindicalistas, estes não prestam serviços em suas repartições e usam todo o tempo para buscar vantagens corporativas e atacar o governo. O último levantamento registrou a presença de 128 deles na Folha. 

CLIQUE AQUI para conhecer os altos salários dos sindicalistas cedidos para seus sindicatos. Alguns deles recebem R$ 30.4761,11 por mês e não fazem nada no serviço público. 

No início do ano o governador Sartori apresentou projeto para acabar com isto, mas foi obrigado a recuar.

O Governo do Rio Grande do Sul destina, mensalmente, R$ 1,335 milhão para quitar a folha salarial dos servidores públicos ativos do Executivo que estão cedidos para trabalhar em sindicatos, associações de classe, federações e confederações. Anualmente, o gasto é aproximadamente R$ 16 milhões.


No total, o Executivo possui 127 funcionários cedidos. Os valores de salários e benefícios recebidos pelos servidores, que têm atuação sindical, correspondem à remuneração do cargo para o qual são nomeados. Alguns funcionários públicos chegam a receber teto do funcionalismo, que corresponde a R$ 30.471,11. Com os valores, é possível pagar o salário de 572 professores, de 513 s