quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Marchezan Júnior atrapalha-se, recua e promete desconto de 12% do IPTU até fevereiro

Atrapalhado com gestos e palavras, proibido de fazer o que queria, o prefeito eleito Marchezan Júnior recuou da ideia de conceder 15% de desconto para quem adiasse o pagamento do IPTU para janeiro, mas fez outra promessa:

- Quem pagar depois do dia 3, data fatal concedida pelo atual prefeito, terá prazo até fevereiro para fazer isto e levar desconto igual. 

O prefeito José Fortunati,que venceu a queda de braço com seu adversário, tripudiou no seu Twitter:

- O TCE decidiu. Pague agora seu IPTU e leve 12% de desconto.

Quem confiou na palavra do tucano acabou dando-se mal.

Marchezan Júnior não aprendeu nada durante sua curta vida política, mas também não esqueceu nada.

15 comentários:

Gerson Fontoura disse...

Políbio, vais perder a credibilidade. Este comentário teu está altamente venal. Continue imparcial ou teu blog vai morrer pro falta de acesso!!!

Anônimo disse...

Não tem importância. Se o MP petista está contra o povo, impedindo que o Marchezan - prefeito de 2017 em diante - dê mais 3% de desconto para nós, nós que somos ANTI-PETISTAS, ANTI-FORTUNATIS, pagaremos o IPTU depois da data petista de de 2 de janeiro. FIQUEM SABENDO, SEUS SABUJOS PETISTAS e seus jornalistas asseclas, que vocês PERDERAM AS ELEIÇÕES. E foi de lavada! Mais de 60% dos eleitores de Porto Alegre os repudiam.

Anônimo disse...

Dando-se mal por que editor???? Se ele der prazo até fevereiro, cadê o "dando-se mal"? Não adianta esse choro interminável. Vou pagar após o dia 3 porque não concordo com o golpe e a baixaria de antecipar um imposto que não é seu. 2017 significa 2017 e não 2016. Dizer que sempre foi antecipado é conversa fiada. Não legitima o golpe. Se uma baixaria sempre foi feita quer dizer que se torna boa com o passar dos anos? Never. Vou me dar bem acreditando nele, isto sim, pois tenho mais 2 meses de prazo.

Anônimo disse...

Atrapalhado é uma coisa e retardado é outra coisa muito diferente.

Anônimo disse...

Nao adianta bater que não deixo você entrar...(casas pernambucanas).

Marchezan acatou o que determinou o TCE. Nada mais.

Tu que estas todo magoadinho e tendencioso por que não terá a mamata que tinha com o Magrão

Anônimo disse...

Polibio é evidente tua implicancia com o Marchezan!

Anônimo disse...

Políbio, pára com essa chatice. Deixa o cara governar, depois podes criticar (ou aplaudir).

Anônimo disse...

Vamos pagar em final de janeiro com ainda os 12% de desconto. Fortunati perdeu.

Anônimo disse...


O officeboy do Aécio, está fazendo o seu papel, travessuras de playboy.

Administrar uma capital é coisa para homem ou mulher, não para guri mimado e teimoso.

Anônimo disse...

O MP PARA BENEFICIAR O CONTRIBUINTE NÃO PODE MAS PARA DAR AUMENTO ACIMA COM DEU O TARSO GENRO PODE, VOU PAGAR SÓ EM FEVEREIRO 2017 .. ESTE PREFEITINHO NOVO E BURRINHO !!!!!!

Anônimo disse...

Ué Polibio, não entendi. O cidadão Porto Alegrense ganhou mais de 30 dias de prazo e se deu mal? Qual é o bom senso?Deixo meu dinheiro aplicado por nais de 30 dias e ainda pago com desconto de 12%, ou seja, indiretamente ganho mais de desconto.Azar se quem pagou adiantado.

Anônimo disse...

BOA, VOU PAGAR EM JANEIRO

Anônimo disse...

VC IMPLICANDO COM O MARCHEZAN VC N GOSTA DE MUSCULOS,COMPETENCIA E BELEZA É HEHHEH, VOU PARAR DE ACESSAR SEU BLOG. FIQUE COM OS VERMELHOS QUE DESTRUIRAM A CAPITAL 8 ANOS DE PENURIA NAS GARRAS DO PDT E ANTES 8 ANOS DE PENURIA NAS GARRAS DO PT PELO VISTO VC JÁ TÁ COM SAUDADES POIS FICA ATACANDO O MARCHEZAN JUNIOR 24H ESTÁ INSUPORTAVEL SEUS POSTS, ESPERO NAO SER CENSURADA

Luiz Vargas disse...

É a índole de coroné interventor dando mostras de como serão os seus quatro anos como alcaide da caPiTal botocuda.

Rafael M. disse...

Como assim "Quem confiou na palavra do tucano acabou dando-se mal"???
Não terá desconto? nem 1%???
Como assim "atrapalha-se"? Só porque o Marchezan não quis ir adiante discutindo na justiça???
Políbio, Políbio... quando tu pega no pé de alguém, pro inferno coerência, isenção, credibilidade...