Marchezan Júnior apela para a baixaria e oferece 15% de desconto para o contribuinte que não pagar o imposto para Fortunati

Nesta guerra de búgios, quem ganha é o contribuinte.

O prefeito eleito Marchezan Júnior abriu a temporada pós-eleição condenando o prefeito José Fortunati por oferecer 12% de desconto para quem estivesse disposto a antecipar o pagamento do IPTU de 2017.

Bateu às portas dos juízes, dos vereadores e dos conselheiros do TCE para para impedir a cobrança  antecipada e o desconto de 12%.

Não conseguiu sucesso.

Desesperado, apelou para a baixaria:

- Apelo para os contribuintes não pagarem nada para o Fortunati. Esperem por mim. Vou dar 15%, muito mais do que ele.

É só esperar pelo dia 3 de janeiro.

Nunca se viu nada igual, antes, na história da Mui Leal e Valerosa Porto Alegre.

É só um thriller do que virá.

Aprenderá quem não ouviu as advertências feitas pelos adversários do tucano durante a campanha eleitoral.

Dos R$ 340 milhões do total da arrecadação prevista, o prefeito José Fortunati esperava recolher R$ 160 milhões.

Agora, se tiver sorte, vai faturar a metade disto.