Ladrões assassinos não respeitam nem a Polícia no RS

Nesta segunda-feira nem policiais escaparam da fúria dos ladrões assassinos que encurralaram a população gaúcha desde o início do governo Sartori, tudo em função do sumiço completo de policiamento - Brigada, Polícia Civil e FNS.

Porto Alegre - Um policial civil, abordado por ladrões assassinos, matou um deles no jardim Itu-Sabará, Porto Alegre.

São Leopoldo - Três bandidos assaltaram um brigadiano no centro da cidade, balearam o policial militar e fugiram.

Desta vez as vítimas foram policiais.