Insegurança pública provoca vaia em Sartori e Schirmer

A jornalista Rosane Oliveira, RBS, passou hoje a informação de que o governador Sartori e seu secretário da Segurança, Cezar Schirmer, levaram sonora vaia quando saíram de um restaurante onde jantaram.

Foi ontem, no Paseo, Tristreza.

A insegurança pública tornou-se insuportável no RS.

Como se sabe, Brigada, Polícia Civil e Força Nacional de Segurança sumiram das ruas. É caso de salve-se quem puder.

Os assaltos, sequestros e assassinatos ocorrem a todo momento.

E há casos de chacinas parecidos com os do Exército Islâmico, como foi o assassinato e decapitação de dois jovens, ontem, na Vila Jardim, Porto Alegre.

Já são 15 casos de decapitação, este ano, apenas na região metropolitana.

É guerra sanguinária da mais alta atrocidade.

A Polícia, chamada para falar sobre o caso, alegou que eles "estavam na rua".

No RS, basta estar na rua para ser sequestrado, assaltado, assassinado e decapitado.