Inflação do IPC-Fipe de novembro acusou forte deflação dos preços dos alimentos

O IPC-FIPE registrou alta de 0,15% em novembro, segundo os dados divulgados hoje. A desaceleração em relação a outubro, quando o índice tinha subido 0,27%, foi explicada, principalmente, pela deflação de 0,92% dos preços de alimentação, após queda de 0,27% no mês passado. No mesmo sentido, três dos sete grupos mostraram desaceleração, com destaque para transportes, passando de uma alta de 0,71% para outra de 0,42%. 

O IPC acumulou elevação de 6,65% nos últimos doze meses. 

Nenhum comentário: