sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Greve branca dos auditores fiscais emperra a produção industrial e paralisa ainda mais a economia do Brasil

A Associação Comercial e Industrial de Novo Hamburgo, RS, passou ontem a informação de que entre os dias 4 a 17 de dezembro, os auditores fiscais vão acirrar a operação-padrão que já realizam nas alfândegas, prejudicando a liberação de produtos importados e exportados. A ACI protesta, porque o porto seco da cidade mal opera. Sem insumos não dá para normalizar a produção e a exportação. 

Os auditores fiscais federais pressionam pela aprovação do texto original do projeto de lei  5864/16 que tramita no Congresso, tratando da reestruturação da REceita Federal.

A idéia é realizar uma semana de Canal Vermelho, tornando tudo mais lento.  Na prática, só há trabalho normal dois dias por semana.

Nos dias 13, 14 e 15 de dezembro, os auditores fiscais farão greve branca.

Apesar das paralisações, os salários são pagos rigorosamente em dia.

18 comentários:

Anônimo disse...

Ah, agora está sentindo falta do servidor público?
Não sentiu falta na tragédia com o time de futebol? (Esclareço que a servidora pública percebeu o problema e o reportou a quem de direito, mas como a regra é achar que o sevidor público está no serviço público por que não quer trabalhar, veja só, ela foi ignorada pelos superiores - políticos, sem dúvida - ou pelos empresários da aviação, segundo notícias da imprensa).

Anônimo disse...

Uma vergonha, as corporações mandam neste Pais.
Quem vai peitar esta gente ?

Anônimo disse...

Políbio,

Exonerem uns 2/3 e quero ver se os barnabés continuam sabotando o Brasil.

O problema é que o Temer(+Sartori) não tem culhões. São PMDB(+MR-8).

JulioK

Anônimo disse...

Tadinhos, ganham tão mal! Vamos fazer uma vaquinha pra comprar comida para eles?

Anônimo disse...

O Estado cria uma miríade de burocracia para arrecadar todavia mais, transferindo dinheiro do privado para o público e para poder trabalhar e gerar a riqueza é preciso pedir AUTORIZAÇÃO a estes burocratas..........que emperram a criação de riqueza.

ESTÁ CLARO, O ESTADO TEM QUE SAIR DA FRENTE DOS BRASILEIROS. A GREVE APENAS MOSTRA QUE ESTES BUROCRATAS EMPERRAM O FUNCIONAMENTO DA ECONOMIA.

SERVIDORES PÚBLICOS TEM QUE SEREM EXTINTOS.

Anônimo disse...

AO PARASITA DAS 11:13

VOCÊS SÃO A ANOMALIA DA SOCIEDADE.

NÃO NECESSITAMOS DE PARASITAS QUE CUSTAS BILHÕES AOS PAGADORES DE IMPOSTOS.

VOCÊS SÃO TOTALMENTE DESNECESSÁRIOS, SE SÃO NECESSÁRIOS É PORQUE EXISTE BUROCRACIA DEMAIS TRANCANDO PAÍS.

SIMPLES ASSIM.

Anônimo disse...

Ao contrário, ninguém está sentido falta deles, funcionários públicos. Simplifica a legislação e demite a metade que o país melhora. E melhora MUITO.

Ultra 8 disse...

Alguém já leu ou ouviu falar em "DESENVOLVIMENTO ZERO"? Estes vagabundos estão colaborando com a planejada destruição contida na "agenda 21".
Procurem no google......

Unknown disse...

GREVISMO!!!
Paralisação... uma aberração da ultrapassada Lei de Greve!!!
Tribunais de Mediação já... e com rigidez de prazos e conteúdos, lado a lado(empregadores e patrões).
E que, ao final, se necessário, a justiça decida os litígios num estágio mais civilizado, devidamente debatido e comprovado!!!

Anônimo disse...

Sim, vai melhorar muito!
Pense nisso quando estiver voando para um paraíso qualquer, para gastar o dinheiro que deixou de gastar em impostos: "será que algum funcionário público, esse bernabé, verificou se o plano de voo é compatível com a autonomia do voo em que estou?".
"Bem o bernabé cumpriu o seu dever, será que ele foi respeitado no exercício de suas atribuições?". Pense nisso, caro empresário, ou vai deixar de voar.
Ao colega que me chamou de parasita, saiba que eu nunca quis trabalhar no serviço público. Na iniciativa privada nunca me deram oportunidade de trabalhar, apesar de minha proficiente carreira acadêmica. Eu só fui me dar conta do que estava ocorrendo quando entrei para o serviço público: os psicotestes que me aplicavam era para afastar do seu empreendimento trabalhadores que pudessem ser uma ameaça, justamente pelo excesso de qualificacão. Então, agradeça ao seu colega empresário pelo meu cargo público. Pense que eu poderia estar trabalhando para vocês, mas não estou, por sorte minha!

Emmanuel Carlos disse...

"Inimigos do Estado!!!" Põe tudo na cadeia ...

Anônimo disse...

O sindicato da categoria deveria ser condenado a pagar os prejuízos e os grevistas a perda dos dias parados

Anônimo disse...


SRS. AUDITORES, MOSTREM OS SEUS CONTRACHEQUES PARA SENSIBILIZAR A POPULAÇÃO!

Porque os Auditores não tiram diversas cópias dos seus contracheques e entregam para a população, bem ali na esquina democrática. Assim, conseguirão o apoio da sociedade e a pressão das ruas fará o resto!

Anônimo disse...

AO PARASITA DAS 11:13

CONTINUO PENSANDO O MESMO, PARASITAS

CADÊ A ANAC NO ACIDENTE DA CHAPE? AGÊNCIA NACIONAL DE COMPLICAÇÕES AÉREAS....

SEMPRE SE LAVAM AS MÃOS.....

SE VOCÊ ESTUDOU PARABÉNS, E SE CONSEGUIU UMA BOQUINHA PÚBLICA TIROU O BILHETINHO PREMIADO.....

NINGUÉM PRECISA DE ESTADO BABÁ, ACHO UM LIXO O SERVIÇO PÚBLICO E CONTINUAREI PENSANDO.

MAS NÃO PENSE QUE TU ÉS A CASTA INTELECTUAL. EU TAMBÉM POSSUO GRADUAÇÃO ACADÊMICA. SE NÃO TIVESSE, ACHARIA A GREVE DOS DESFUNCIONÁRIOS PÚBLICOS NECESSÁRIA COMO TODO BOVINO BOÇAL DESTE PAÍS.

NEWTON disse...

Estes servidores estão dando o recado: Cada um por si e Deus por todos.
Todos os brasileiros de 2ª e 3ª classe (os não servidores públicos concursados e eleitos) estão entendendo? CADA UM POR SI. O recado deles é claro, eles nos sangrarão sem dó nem piedade. As notinhas de supermercados mostram que 40% das compras vão para eles, e eles nos retribuem com FORO PRIVILEGIADO, DIREITOS ADQUIRIDOS, PENSÕES VITALÍCIAS PARA HERDEIROS, ETC, ETC. . . .

Anônimo disse...

Privatizar tudoTUDO

Anônimo disse...

Eu vou trabalhar pela metade do salário deles. Onde posso enviar meu curriculum?

Anônimo disse...

"Uma vergonha, as corporações mandam neste Pais.
Quem vai peitar esta gente ?"
É rua companheiro, protestos. Já avançamos muito. Sentado no sofá da sala da sua casa eles vão continuar rindo na nossa cara.