Governo gaúcho quer nova suspensão dos pagamentos da dívida com a União

O governo gaúcho vai propor ainda hoje ao governo Temer que seja suspenso novamente o início do pagamento das parcelas mensais da sua dívida com a União.

Os pagamentos foram suspensos em junho.

Na média, o governo gaúcho desembolsa R$ 270 milhões por mês para honrar cada parcela.

O secretário da Fazenda, Giovani Feltes, quer que a suspensão aconteça até o momento no qual aconteçam entendimentos entre parlamentares, governo federal e governos estaduais, já que fracassou o acordo da repactuação da dívida, aprovado pelo Congresso e vetado por Temer. Feltes tinha reunião marcada para esta manhã com a secretária do Tesouro, Ana Paula Vescovi.

2 comentários:

Anônimo disse...

Tem que cobrar dos deputados irresponsáveis que excluiram do projeto as contrapartidas dos estados apenas para agradar os eleitores e deixar o ônus nas costas do presidente
VAGABUNDOS IRRESPONSÁVEIS IMPRESTÁVEIS

Unknown disse...

Tem é que acabar com a mordomia dos marajás do Judiciário e do Legislativo!!!
Estes crápulas tem que ser OVACIONADOS(com ovos)!!!