Governo gaúcho dobra esforço para manter em operação os estaleiros Ecovix, QGI e EBR

O governo estadual gaúcho trabalha forte para manter em operação os estaleiros da Ecovix, QGI e EBR, todos instalados no Polo Naval de Rio Grande.


4 comentários:

Anônimo disse...

Qual empresa terá cacife e coragem para assumir um estaleiro, em que o possível comprador é uma estatal petrolífera...??? um estaleiro só tem futuro, se os produtos construídos tiverem capacidade tecnológica e preço competitivo com o mercado mundial. Terá que disputar preço com os estaleiros chineses, de Singapura, Coréia do Sul. Um estaleiro em que o único comprador é brasileiro, irá à falência em pouco tempo.

Anônimo disse...

Políbio,

Não adianta espernear, infelizmente.

A Petrobras já decretou a "morte" de Rio Grande assim como Guaíba morreu pelas mãos do Olívio Dutra+Miguel Rosseto.

R.I.P. Estaleiros e investimentos em Rio Grande.

JulioK

P.s.: Lembram do Padilha falando sobre o Salgado Filho em 2014?? Pois é ...

Unknown disse...

Coisa de pródigo ou louco!!!
Quem sabe assumem a Sete Brasil, do Lulla e da Dillma???

Cap Caverna disse...

Tomara que eu morda a língua, mas este negocio de indústria naval na cidade de Rio Grande, já faliu e não tem retorno, pois é completamente sem fundamento, uma empresa encomendar plataformas de petróleo com quer que seja, e pagar três vezes mais, do que mandasse fazer na China, ou na Coreia do Sul. E isso aconteceu no Polo Naval de Rio Grande , porque a intenção da cúpula ladra do PT , queria votos, além da imensa propina que ganhavam. Um local onde no máximo 3 mil trabalhadores fariam todo o serviço, chegou a ter 15 mil!!!!!! Mais uma safadeza desses desgraçados petistas, que enganou muita gente e quase destruiu a cidade, que vai ter que se reorganizar novamente.