Governo autoriza desconto para compras à vista ou pagas em dinheiro vivo

O presidente Michel Temer autorizou que os lojistas cobrem preços diferentes para um mesmo produto de acordo com a forma de pagamento (cartão de crédito, dinheiro, parcelamento etc.). A Medida Provisória 764 foi publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira.

Na prática, a MP legaliza os descontos nas compras à vista ou pagas com dinheiro em espécie. Antes, era proibido por lei cobrar um preço diferente para quem paga à vista, em cheque ou parcela a compra no cartão de crédito. As compras feitas no cartão de crédito em uma única parcela eram consideradas pagamento à vista.

7 comentários:

Dr. FAÇANHA disse...

A besta do Temer está abrindo guerra contra os cartões de crédito? Nem os petistas chegariam a esse ponto!

Anônimo disse...

lamentável esta medida. Mais facilidade pros bandidos, com mais dinheiro vivo... E eu q pago tudo pelo cartão para ganhar pontos, vou ser obrigado a pagar mais (duvido que só vão dar desconto e não vão aumentar o preço para quem pagar com cartão).

Anônimo disse...

Sabe qual é a maior queixa dos comerciantes com relação ao cartão? É que são obrigados a declarar como faturamento e, assim, não podem sonegar. Com dinheiro vivo é mais fácil.

Anônimo disse...

boa finalmente os juros abusivos q foram cobrados nos 13 anos do pt vao cair, boa, muito boa, pelo menos isto o teemer vai nos deixar de bom, nao apoio ele porque ele esteve anos ligado ao pt mas apenas o suporto até 2018 depois tchau querido, corremos com psol, rede , pdt, pt vermelhos depois vai ser tchau pmdb

Anônimo disse...

este é o exemplo claro de medida burra de curtíssimo prazo.
somente alguns consumidores aproveitarão...
(se não forem assaltados na entrada da loja)

enquanto as grandes marcas querem tornar todos os canais de venda em um só,
praticando os mesmos preços, estes estúpidos surgem com essa.
tudo bem que apenas um ignorante tenha uma ideia imbecil como esta, mas
consegue aprovar sozinho, precisa de mais um bando de burros.

precisamos é pensar em algo para acabar com a circulação de dinheiro.
créditos intransferíveis. ou com compra/venda registrada.

a incompetência é primordial para estar a frente da nação aqui no Brasil!

Anônimo disse...

Cartoes de crédito usam e abusam ... cobram do consumidor e do comerciante ... e ainda trabalham com o dinheiro ... republica das bananas ...

Anônimo disse...

Leiam ai o comentário do colega...É por esse tipo de egoísmo, quando a pessoa só pensa em si mesma, que nada muda por aqui. É por isso que os CC e os vagabundos dos funcionários públicos vão lá gritar na frente do Palácio diante da martelada final sobre as tetas das estatais. Quem defende estatal que dá prejuízo é malandro e não quer o bem do RS. Tudo petista. Tudo canalha.