terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Falta de ar condicionado no CCO poderá paralisar os trens da Trensurb.

Sem condições plenas de operação no CCO, o Trensurb poderá parar os trens.

Em função da situação consideradas insalubre na qual trabalham os empregados do Centro de Controle Operacional (CCO), que não contam com ar condicionado. o Ministério Público do Trabalho determinou, ontem, que a carga horária do setor passe de 8 horas para 6 horas.

Este é o resultado da administração petista ruinosa, que foi avisada do problema há mais de um ano e nada fez. Se esta situação perdurar a Trensurb pode parar suas atividades, até porque as estações estão passando pela mesma dificuldade.

O problema é que para aplicar uma nova escala no CCO, conforme mandou o MPTr, é necessário mais empregados ou pagar horas extras, o que aumentará a folha de pagamento.

11 comentários:

Anônimo disse...

o Ministério Público do Trabalho determinou, ontem, que a carga horária do setor passe de 8 horas para 6 horas.(copiei do texto).


O Ministério Público do Trabalho não vai determinar que os trabalhadores que trabalham debaixo do Sol na lavoura produzindo nosso alimento; ou o pedreiro nas obras todos tenham a mesmo mesmo direito?

Ministério Público do Trabalho, trabalham em belas salas; ar condicionados; carros com ar condicionado. altas salários que os demais não ganham, mas trabalham para estes!!!!

Anônimo disse...

O MP do PT descobriu somente agora...

Transparência disse...

A Direção da Trensurb tem falta de foco e de rumo. Dispendem energia nas coisas mais idiotas possíveis. Estão brigando por cargos e a empresa que se exploda. Se organizam conforme o partido e o Busato quer. É uma zona. Um presidente fraco que se aconselha aos antigos gestores petistas que só fizeram merda durante a gestão. Tenho certeza que durante o verão a empresa terá várias interrupções. As estações entregue as traças. A rede aérea e a via permanente em situação degradada. Em resumo um caos total. E nós pagando tudo isso.
Os empregados não tem responsabilidade sobre esse estado de coisas.
A responsabilidade é toda desta direção incompetente e perdulária.

Anônimo disse...

Coitados trabalho insalubre.....militares venham melhorar a vida deles e proporcionar um treinamento técnico em cuba.

Luiz Vargas disse...

Na mansão do quadrilheiro PeTralha Marco Man$ão Miami Maia deve haver muitos aparelhos de ar condicionado sobrando.

Anônimo disse...

TEM Q PRIVATIZAR ESTA M. DE UMA VEZ, CHEGA DE SERMOS JURASSICOS, TEMOS Q ANDAR PRA FRENTE ASSIM É NO 1 MUNDO

Anônimo disse...


Tá mas os trens somente paravam, porque eram os petistas os administradores da empresa?

Ou param por incompetência dos políticos, que independente de partido, fazem dela um cabide de empregos?

Anônimo disse...

Lamentável o posicionamento débil de que tenha que ser privatizada esta empresa de caráter social, quem defende isto não é usuário, provavelmente o comentário é fruto de algum recalque do passado, ou fruto de uma infantilidade grotesca (o Maria vai com as outras)...

Anônimo disse...

Quem falou em privatizar, o que é necessário é organizar.

Anônimo disse...

To com vc meu amigo aí nós vamos pagar c$7,00 no mínimo e vc vai bicar feliz né? Seu mane

Anônimo disse...

Infelizmente não existe meritocracia na Trensurb, São nomeações políticas sem qualquer critério, desculpem, basta assinar ficha no PTB. Sem dúvida todos os partidos são corporativista sem qualquer pudor ou pensamento no coletivo, apenas interesses próprios. Isso vale para todas as empresas estatais.