Ecovix demite 3,2 mil trabalhadores às vésperas do Natal. Estaleiros da empresa podem fechar.

A Ecovix é um braço de construção naval da empreiteira Engevix, investigada na Operação Lava-Jato e que teve um dos sócios preso preventivamente. A origem da empresa está relacionada à encomenda dos oito cascos para plataformas de petróleo pela Petrobras. O contrato somava US$ 3,5 bilhões e previa a entrega das unidades até este ano. A Ecovix deve R$ 6 bilhões.

Na manhã desta segunda-feira, a Engevix Construções Oceânicas (Ecovix) sdemitiu 3,2 mil trablhadores, restando apenas 500 nos dois estaleiros da empresa em Rio Grande.

 Em um breve comunicado, a empresa informou que está em forte processo de reestruturação financeira e operacional e busca alternativas para retomada da sua operação no futuro". A Ecovix entrará em recuperação judicial no dia 20.

A empresa disse que negociava com a Petrobras pagamentos e a continuidade de contrato para construção de mais três cascos de plataformas no Rio Grande do Sul. Como não houve acordo, as demissões foram confirmadas. Apenas 200 trabalhadores seguiram atuando na manutenção da estrutura do estaleiro. Outros 300 continuam porque estão afastados

As rescisões serão pagas dia 19, com dinheiro adquirido pela Ecovix da multa pela suspensão do contrato com a Petrobras. No dia 20 a empresa deve entrar com pedido de recuperação judicial.

8 comentários:

Anônimo disse...

espero que os primeiros sejam aquelas que bajularam Dilma e Lula na inauguração...

Leo disse...

Sinto pelos funcionários, mas quem mandou ir na urna e lacrar o 13?
Cambada de burro!
Espero que aprendam!

Anônimo disse...

Com toda certeza estes demitidos concordam com a estúpida tese petralha que é tudo culpa da Lava Jato e do Moro. Se continuassem roubando, o país avançaria...Parabéns esclarecidos.

Anônimo disse...

E TEM GENTE QUE AINDA FALA EM PARTIDO AQUI, ACORDA!!! POLITICO É TUDO BANDIDO.

Unknown disse...

Com "cumpanhêro"(plural) desta laia, nossos trabalhadores não precisam de inimigos!!!

Anônimo disse...

O negócio é eles tentaram apoio do Enio Bacci e da Juliana Brizola, mas como são trabalhadores comuns e sem lobby que não podem cruzar os braços ou fazer greve branca a todo instante, provável que esses dois deputados os dispensem para poder defender valentemente apenas os celetistas de fundações estaduais e estatais.

Anônimo disse...

CADE A DILMENTIRA E LULADRAO Q IAM ESTREBUCHAR MENTINDO Q ESTAVA TUDO MIL MARAVILHAS- TAI CHEGOU A CONTA - RELAXEM E GOZEM

Anônimo disse...


Não adianta botar a culpa no PT, não que estes sejam menos ladrões que os outros, afinal politico é tudo safado independente de partido.

As delações da Odebrecht vão provar isto, saiu apenas a primeira e a cúpula do PMDB já está afundando na lama, Faltam ainda mais 76 abrirem a boca. O véio Odebrecht tinha razão; "Vai acabar a República", a mídia não deu a devida atenção as palavras de quem sabia o que estava falando.