Delator da Odebrecht cita Temer 43 vezes

 As delações da Operação Lava Jato, que apura irregularidades na Petrobras, já tinham atingido em
cheio o grupo político do Partido dos Trabalhadores (PT), e que ainda podem atingir mais nas próximas revelações, voltam-se agora para o núcleo do PMDB e políticos do PSDB.

Leia reportagem do G1 de hoje:

No acordo de delação premiada, o ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrechet, Cláudio Melo Filho, disse que o propósito da empresa era manter uma relação frequente de concessões financeiras e pedidos de apoio com políticos, em típica situação de privatização indevida de agentes políticos em favor de interesses empresariais nem sempre republicanos.

Os pagamentos a políticos eram indicados por ele e aprovados por Marcelo Odebrecht, pelos presidentes da empresa ou pelos diretores dos negócios, e os pagamentos eram realizados pela área de operações estruturadas da Odebrechet.

A chamada "área de operações estruturadas", depois de uma devassa, neste ano, em uma das fases da Operação Lava Jato, a Polícia Federal descobriu ser um departamento de propina.

No acordo de delação premiada, Cláudio Melo Filho dedica um capítulo ao relacionamento que tinha com o presidente Michel Temer. O nome do presidente é citado 43 vezes no seu depoimento.
O ex-diretor afirma que Michel Temer atuava de forma muito mais indireta, não sendo seu papel, em regra, pedir contribuições financeiras para o partido, embora isso tenha ocorrido "de maneira relevante" no ano de 2014.

Mas segundo Cláudio Melo Filho, ao menos uma vez Michel Temer pediu doações pessoalmente. Foi durante um jantar no Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente da República, que ocorreu possivelmente no dia 28 de maio de 2014.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

11 comentários:

Anônimo disse...

‘CAJU’ PROTESTAVA CONTRA A CORRUPÇÃO ENQUANTO RECEBIA R$ 22 MILHÕES:

Hoje líder do governo Temer no Congresso, senador Romero Jucá (PMDB-RR) foi às ruas contra Dilma Rousseff, o PT e, segundo ele, contra a corrupção; nos bastidores, porém, conforme aponta delação da Odebrecht, ele era o líder na venda de leis para a empreiteira e pagamentos feitos pela empresa a ele passaram dos R$ 22 milhões.

11 DE DEZEMBRO DE 2016

247 - Líder do governo de Michel Temer no Congresso, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) chegou a participar de manifestações, com camisa da seleção brasileira, em defesa do impeachment de Dilma Rousseff, contra o PT e, segundo ele, contra a corrupção.

Hoje sabemos, porém, que enquanto ele ia às ruas contra a corrupção, liderava a venda de leis para a Odebrecht no Congresso. Segundo um ex-diretor da empresa, pagamentos feitos a Jucá, que era chamado de "Caju" nas planilhas, passaram dos R$ 22 milhões.

Leia mais sobre a atuação de Jucá no Congresso pelos interesses da Odebrecht.

ESSE, junto com "Padilha" e o "gato angora", são os próximos da fila, depois vem o traira.

sempre mais disse...

Quem pode salvar o país e o povo desses marginais criminosos? Realmente não vejo ninguém. Somente o povo para arrancá-los de dentro de palácios, congresso, stf......Mas pra isso só um povo coeso ,sabedor dos seus direitos,acho muito difícil. Pagamos a todos eles e o que recebemos é somente pancada.JÁ SOMOS A VENEZUELA!

Anônimo disse...

Agora ficou mais fácil entender o ódio dos petistas ao Temer... eram comparsas ...

Anônimo disse...

VÍDEO DEMONSTRA POR QUE O BRASIL DEVE DESCULPAS A DILMA:

Circula nas redes sociais um vídeo que demonstra por que o Brasil deve desculpas a Dilma Rousseff, afastada da presidência por um processo de impeachment mesmo sem ter cometido crime de responsabilidade; o narrador pede desculpas "por rirmos dos que te torturaram e por aplaudirmos os que te difamaram. Agora ficou bem claro quem eles são, como nos manipularam e por que têm tanto ódio de você".

11 DE DEZEMBRO DE 2016

247 - Circula nas redes sociais um vídeo que demonstra por que o Brasil deve desculpas a Dilma Rousseff, afastada da presidência por um processo de impeachment mesmo sem ter cometido crime de responsabilidade.

O narrador pede desculpas "pelos que gritaram e pelos que se falaram, pelas panelas". "Por rirmos dos que te torturaram e por aplaudirmos os que te difamaram. Agora ficou bem claro quem eles são, como nos manipularam e por que têm tanto ódio de você", diz.

Assista:....

AGORA DÁ PARA ENTENDER porque a Dilma não recebia Parlamentares em seu gabinete.

ATENTO disse...

JARARACA ESTÁ EM CAMPO,JOGANDO E PODE FAZER GOL!!
---------------------------------------------------

JARARACA COMBINA COM ODEBRECHT E DELATORES, DETONAR TEMER E TUCANOS

RENAM NÃO PODE VIRAR PRESIDENTE

O GOLPE É NOMEAR UM PETRALHA COMO MUITO BEM FAZ LEVANDOWSKI

PETRALHA COM A CANETA NA MÃO ANISTIA,ANULA,PRORROGA ATÉ FIM DO MUNDO

JARARACA ESTÁ JOGANDO BOLA SIM!

PODEMOS SER SURPREENDIDOS.

É UM GOLPE DE MESTRE QUE INTERESSA TOODOS OS CORRUPTOS

Anônimo disse...

CLAUDIO HUMBERTO

10/12/2016


TEMER CONFIRMA PEDIDO
A Odebrecht revelou doação de R$10 milhões ao PMDB, a pedido de Michel Temer. Por sua assessoria, o presidente confirmou o pedido....

Anônimo disse...

Essa delação surgiu agora. As delaçoes contra LULA e DILMA estão na mídia há dois ou três anos, cheias de provas materiais, e eles estão por aí, soltos, com todas as mordomias e privilégios, dizendo asneiras, insuflando, mentindo e viajando pelo País e exterior. A nossa Corte Suprema é lenta , muito lenta, muito lenta .!!!

Anônimo disse...

Nem a mulher do Temer o cita tanto! E ainda faltam as citações sobre o porto de Santos.Ele está concorrendo com o Lula.
Neste fim de semana, juntou a cupinchada para bolar um jeito de ACABAR COM
A LAVA JATO!

Il camicia nera disse...

Delações da Operação Lava Jato é o velho "TIRA DO MEU PARA BOTAR NO TEU"; ESSES DELATORES SÃO UM BANDO DE CAFAJESTES; e as EMPREITEIRAS estão mostrando a verdadeira face do CAPITALISMO, sob regimes liberais. São antros de corrupção.

Anônimo disse...

TODOS SABEMOS QUE TEMER TB TAVA METIDO NA ROUBALHEIRA AFINAL ERA VICE DA DILMETRALHA ANOS E ANOS. O PT FATIOU A PETROBRAS COM PMDB E PP PARA TER APOIO E SE MANTER NO PODER FOI O QUE DELATOU DELCIDIO AMARAL QUE ERA LIDER DO DESGOVERNO DILMA NO SENADO. ELE DELATOU QUE NO TEMPO DO MENSALAO O LULADRAO SE ALIOU AO PMDB PARA TER APOIO E ESCAPAR DO IMPEACHMENT DEPOIS FATIOU A PETROBRAS E UM FICOU COM AREA INTERNACIONAL E O OUTRO A AREA DO BRASIL E DILMA SABIA DE TUDO SEMPRE SOUBE

Anônimo disse...

DILMA NÃO FALA NADA DE TEMER.CONTINUAM SÓCIOS?

SÓ QUE TEMER PODE LEVAR O PAIS ATÉ A ELEIÇÃO E DILMA NÃO.

POR ISSO VAI FICAR.

MAS É O QUE DÁ PARA FAZER.