quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Cresceu produção de veículos em novembro. Dados das montadoras animam todo setor industrial.

A produção total de veículos exceto máquinas agrícolas somou 213.323 unidades em novembro, segundo os dados divulgados ontem pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Esse resultado equivale a um forte avanço de 20,8% na margem, descontada a sazonalidade. Com isso, houve recuperação total da queda de 3,8% registrada em outubro, na mesma base de comparação. Todas as categorias apresentaram crescimento no período, com exceção de ônibus, com queda de 2,4% em relação a outubro, na série livre de efeitos sazonais. A produção de comerciais leves se destacou, com alta de 39,9%, em relação a outubro, seguida por caminhões e automóveis, cujas produções subiram 25,0% e 18,7%, respectivamente. 

No mês passado, a produção foi alavancada pelo forte incremento de 50,9% das exportações de veículos. Já as vendas ao mercado interno caíram 1,5% na margem, descontada a sazonalidade, com variações positivas de 6,3% e de 2,5% em caminhões e comerciais leves, respectivamente, ao passo que as vendas de automóveis e de caminhões recuaram 3,1% e 22,6%, nessa ordem. Apesar da forte elevação da produção, os estoques recuaram 1,2% ante outubro. 

Para os próximos meses, economistas do Bradesco, de quem são estas informações, acham que a melhora moderada das vendas deve contribuir para o processo de normalização dos estoques. Além disso, o resultado sugere crescimento da produção industrial em novembro. 

Para 2017, as projeções da Anfavea são de crescimento das vendas de veículos leves e pesados de 2,5% e 3,0%, respectivamente, após quedas esperadas de 20% e 30% para este ano.

Um comentário:

Anônimo disse...


Agora, é só vender.