Cresce movimento para afastar PT do rodízio na presidência da Assembléia do RS

A base aliada do governo Sartori elabora dentro dela mesma uma proposta que fará ao PTB, visando retirar o PT do rodízio pela presidência da Assembléia.

Neste caso, o PTB indicaria o sucessor de Covatti, o que acontecerá no início de fevereiro.

Pelo acordo existente, PMDB, PP, PT e PDT fazem o rodízio.

O governo Sartori não quer saber de Edegar Pretto, homem do MST e seu mais enfurecido opositor.