segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Carlos Lupi, hoje, forçará saída do PDT do governo Sartori, mas enfrenta resistências

O presidente nacional do PDT almoçará, hoje, com dirigentes e deputados, porque quer que seja examinada sua proposta de saída imediata do governo Sartori. Ele acha que o Partido não pode apoiar o pacote de modernização proposto pelo governador, mas além disto quer iniciar campanhas eleitorais de oposição por parte de Jairo Jorge (governo estadual) e Ciro Gomes (presidência).

Ele quer decidir o caso ainda hoje.

A posição de Lupi enfrenta resistência no RS.

Os deputados estaduais preferem discutir o pacote e dar mais tempo para a discussão.

O PDT também está preocupado com os cargos que mantém no governo gaúcho. O Partido perdeu tudo que tinha no governo federal e também perderá todos os cargos que tem em prefeituras importantes como Porto Alegre e Caxias do Sul.

6 comentários:

Anônimo disse...

Outro partideco presidido por um corrupto sem ombridade que se verga para quem está no poder. Ele acha que vai levar alguma com Jairo Joge,que a partir de janeiro perde o foro privilegiado e vai ter que responder pelas cafajestadas das últimas eleições,junto com sua vive.
E Ciro Gomes,quem acredita que esse destemperado louco de ... Possa vir a ser presidente?
Lupi capacho,zumbis do Brizola

Anônimo disse...


Ao contrário do que muitos pensam, CIRO GOMES tem tudo para ser o Donald Trump brasileiro, e não Bolsonaro!

Anônimo disse...

O PDT nacional está contando com uma frente de esquerda com o Ciro sendo o presidenciavel, vão quebrar a cara, o pessoal do PT e PC do B não querem ver o Ciro nem pintado a ouro, espero que o PDT do estado não embarque nessa.

Anônimo disse...

o PDT do RS não pode se apequenar agora e deixar influenciar por loucuras desse LUPI, o PDT tem que ser responsável e discutir cada proposta, com calma e inteligência, onde aquilo que não tem absolutamente nada de essencial ao gaúcho deve ser extinto sem restrições.

Unknown disse...

PDT = LUPI = PIXULECO!!!

Anônimo disse...

Não pode apequenar aquilo que já é pequeno.PDT virou partido de aluguel tal como o PTB e o PP.Quem estiver no poder pode alugar os deputados desses partidos,a questão central é o preço.