Câmara reduz exigências e aprova renegociação das dívidas estaduais

Em votação que representou uma derrota para a equipe econômica do governo, a Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta terça-feira, por 296 votos a 12 e três abstenções, o projeto que renegocia dívidas dos estados e do Distrito Federal com a União.

A votação foi adiada na sexta, na segunda não houve quorum e esta manhã tudo quase foi dado por perdido. O governador Sartori, que está em Brasília, chegou a dar declarações de desalento.

A proposta aprovada, que agora vai à sanção presidencial, aumenta em até 20 anos o prazo para o pagamento de dívidas de estados e do Distrito Federal com a União. Aos estados que enfrentam crises financeiras mais graves, como Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, o texto permite que o pagamento das dívidas seja suspenso por até três anos.

A aprovação do projeto passou por um acordo, costurado na manhã desta terça pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pelo qual foram retiradas do projeto as contrapartidas defendidas pelo governo federal que deveriam ser cumpridas pelos governos estaduais para participar da renegociação de débitos, entre as quais aumento da contribuição previdenciária de servidores estaduais, reajustes salariais de servidores e proibição da criação de novos cargos.

Os governos estaduais e a própria equipe econômica de Temer poderão promover os ajustes.

6 comentários:

Anônimo disse...

Esse Congresdo falam, falam e falam, mas os resultados em benefícios do povo é pífio, agora os beneficios aos politicos de plantão e enorme. Sacrifício só para o povão que não têm a quem revorrer, estamos órfãos.Brasil, País de Todos, lascados.

Anônimo disse...

BAH. PRÊMIO A MÁ GESTÃO. POVAO QUE SE DANE !

Anônimo disse...

Não vai adiantar. Vide Marcos Lisboa. O colapso dos Estados está apenas no começo. Estão apenas adiando o inevitável.

Anônimo disse...

Enquanto Estados como o do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul estão na lona , a Prefeitura de Fortaleza está esbanjando, vai pagar R$ 880 MIL para a cantora baiana CLAUDIA LEITE fazer o show da Virada . Prefeitura rica essa de Fortaleza .!!!

Anônimo disse...

INTERVENÇÃO POPULAR SERA' INEVITÁVEL....GASTÕES E ABUSADOS DO CARAMBA!!!!!!

Unknown disse...

Band-Aid em fratura exposta!!!
Estados continuam insustentáveis e as cortes de marajás recebendo polpudos!!!