Câmara convoca sessão para segunda-feira para votar projeto da dívida dos estados

Apesar de o Congresso ter aprovado a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2017 e o Orçamento da União do ano que vem, antecipando o recesso dos parlamentares, Câmara decidiu marcar sessões para segunda-feira e terça-feira com o único objetivo de tentar votar o projeto de ajuda financeira aos estados.

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), recebeu apelos de parlamentares de estados endividados, em especial o Rio de Janeiro.

Rodrigo Maia admitiu ontem que será difícil conseguir atingir consenso até segunda-feira sobre a proposta e um quórum suficientes de deputados em plenário para realizar a votação. Na quinta-feira, a Câmara tentou, mas não conseguiu votar a renegociação das dívidas dos estados justamente pela falta de acordo.

Um comentário:

Anônimo disse...

O Brasil é administrado como time de futebol,o país, estados e municipios vão mal? Como vão seus dirigentes, no caso, Vereadores,Prefeitos,Deputados Estaduais, Governadores, Deputados Federais, Senadores, Presidente e todos que estão nos órgãos que deveriam fiscalizar?Brasil, País de Todos que podem mamar.