sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Balança comercial registrou superávit de US$ 4,8 bilhões em novembro. Superavit do ano já soma US$ 43,3 bilhões.

O superávit da balança comercial brasileira chegou a US$ 4,758 bilhões em novembro, de acordo com os dados divulgados ontem pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. 
O resultado foi muito superior a projeções feitas por empresários e economistas, que trabalhavam com número bem menor, de US$ 3,0 bilhões. 

No mês passado, as exportações somaram US$ 16,220 bilhões e as importações, US$ 11,463 bilhões. 

Na comparação com as médias diárias de novembro do ano passado, os embarques cresceram 17,5%, enquanto as compras externas registraram queda de 9,1%. Esse resultado é explicado pelo aumento, em valor, das exportações de manufaturados (41,8%) e semimanufaturados (21,3%), ao passo que básicos caíram 5,5%. O resultado das importações, por sua vez, foi decorrente da queda em valor das compras de combustíveis e lubrificantes (-46,9%), bens de capital (-22,4%), e bens de consumo (-0,8%). Já na margem, houve aumento de 18,2% das exportações e 0,8% das importações. 

A balança comercial acumula espantoso superávit de US$ 43,282 bilhões no ano.

Um comentário:

Anônimo disse...

Pelo menos um setor, o exportador, está ganhando dinheiro ultimamente!! O resto está um miserê de dar dó!!!