Artigo, Josias de Souza, UOL - Notas do Instituto Lula desmoralizam imagem de Lula

Lula é ao mesmo tempo um ex-heroi e uma vítima da ética de mostruário que cultivou antes de chegar ao poder. O seu sucesso político é um trunfo do ideal da perseverança do brasileiro humilde que veio ao mundo para servir de exemplo. Sua desgraça é o surgimento de uma interrogação: exemplo de quê? Imaginando-se dono um destino de glórias, Lula tornou-se uma melancólica fatalidade. E as notas oficiais do Instituto Lula, a pretexto de rebater ataques à imagem do líder imaculado, contribui para a dessacralização do personagem, expondo-lhe os pés de barro.

A penúltima evidência de que o todo-poderoso do PT também está sujeito à condição humana foi a autuação da Receita Federal ao Instituto Lula por “desvio de finalidade”. Isenta de impostos, a entidade efetuou despesas fora dos padrões. Por exemplo: repassou R$ 1,3 milhão para uma empresa chamada G4 Entretenimento. Pertence a Fábio Luís, filho de Lula. E tem como sócio Fernando Bittar, dono do sítio que Lula utiliza como se fosse dele. Para o fisco, não houve prestação de serviço, mas transferência de recursos para Lula ou parentes. Cobraram-se os tributos devidos.

CLIQUE AQUI para ler mais.

21 comentários:

Unknown disse...

Lulla não tem caráter... portanto, nada o desmoraliza!!!

Anônimo disse...

Para o "fisco"????? o mesmo fisco q não cobrá a rbs e a Gerdau zelotes ???? kkkkkk piada da lhe LULA2018

Anônimo disse...

Não é possível desmoralizar o que já nasceu desmoralizado

Anônimo disse...

Parabéns a Receita Federal!
O homem mais "ernesto" do Brasil também está sujeito a fiscalização quando envolver imunidade de impostos, principalmente no critério relacionado com as finalidades essenciais da entidade.

Anônimo disse...

Impossivel desmoralizar ainda mais o grande mentiroso. Vai pagar por toda corrupção em 2017.

sempre mais disse...

Desejo a Lula e família um péssimo Natal! E que 2017 seja um ano pior do que foi 2016.Que seja um ano terrível para sua maldita família tbm. Pois sendo terrível para eles será maravilhoso para o país!

Anônimo disse...

COMO PIORAR A IMAGEM DE UM GANGSTER FDP?

Anônimo disse...

Somos 204 milhões de analfabetos na cabeça do Lula. Somente ele pensa, ninguém mais. É o malandro que acha ser bem sucedido. E todos os 330 picaretas do Congresso, conforme classificou Lula, compartilharam honestamente com ele. Ninguém viu nada e nem sabiam de nada. Permaneceram unidos desde 2003. Resultado: PETROLÃO

Anônimo disse...

Cada enxadada,uma minhoca.

Anônimo disse...

Cada enxadada,uma minhoca.

Anônimo disse...

Lula e associados continuam achando que o povo ainda não percebeu suas manobras. Hoje, os tempos são outros. O politicamente correto, aquele que modificou crimes em mal feitos, que execra o mérito, que desmoraliza o estudo, que cria cotas para ineptos, que se surpreende com a intolerância ao crime, acabou, felizmente. O povo não tolera mais ser enganado e tem condições de estar atento e exigir ações que modifiquem esse estado de coisas.

Anônimo disse...

http://s2.glbimg.com/oMhm1FaJuu_GgZ9J_d8r5bTcACs=/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2014/10/28/votacao_totalizacao_vale-este.jpg

Unknown disse...

Máscara não se atinge!!!

Anônimo disse...

Quaré u probrema seus coxinha, eu possu fazê u qui quisé, os militanti mi agaranti issu!

Anônimo disse...

KENNEDY: AUTORIDADES BRASILEIRAS DEVEM SATISFAÇÃO SOBRE COOPERAÇÃO COM EUA

"Facilitar e direcionar processos contra grandes empresas multinacionais brasileiras, como é o caso da Petrobras, assim como outras grandes companhias nacionais, poderá ser danoso ao país no médio e longo prazo", disse o colunista Kennedy Alencar sobre os termos, ainda obscuros, do acordo de cooperação do Brasil com os Estados Unidos; "Uma derrocada de empresas multinacionais brasileiras não interessa ao Brasil, mas aos seus adversários no mercado global".

24 DE DEZEMBRO DE 2016

247 - O jornalista Kennedy Alencar afirmou nessa sexta-feira, 23, que governo brasileiro e autoridades como a Procuradoria Geral da República e Poder Judiciário devem dar explicações aos brasileiros sobre os termos da cooperação com o governo dos Estados Unidos nas investigações da operação Lava Jato que revelaram pagamento de propina pela Odebrecth.

"É necessário que o Brasil e suas autoridades deem satisfação aos seus cidadãos a respeito da forma como cooperam com os Estados Unidos, que são ferozes na defesa dos seus interesses porque não têm complexo de vira-lata, como diria Nelson Rodrigues", afirma Kennedy.

Segundo ele, o Brasil precisa defender os seus interesses também. "Facilitar e direcionar processos contra grandes empresas multinacionais brasileiras, como é o caso da Petrobras, assim como outras grandes companhias nacionais, poderá ser danoso ao país no médio e longo prazo. Uma derrocada de empresas multinacionais brasileiras não interessa ao Brasil, mas aos seus adversários no mercado global."

Ele lembra que na crise de 2008/2009, o governo americano agiu para evitar a quebra de bancos que tinham sido responsáveis pelo começo da confusão com o chamado subprime. "Houve punições, mas também uma preocupação em manter de pé bancos fundamentais para a economia americana, que hoje se recuperou e está crescendo de forma significativa."

Anônimo disse...

Lula sempre foi um produto de marketing, um marketing muito caro e desonesto, mas agora só é defendido por acéfalos amorais da mídia amiga e pelos vermelhos fanáticos religiosos partidários dos cavaleiros do apocalipse moral do Brasil.

Anônimo disse...


Lula não é um ex-herói.

Lula sempre foi um ANTI-HERÓI, O VILÃO. Só que no início as pessoas foram enganadas pelo MONSTRO CHEIO DE DEFEITOS - MUUUUITOS.

E foi um péssimo exemplo, que influenciou de maneira negativa os jovens, rebeldes por natureza!!

Porisso ocorrem invasões de escolas, com assassinatos entre colegas, vandalismos, drogadizações.

O BRASIL DO POVO ALEGRE EMPOBRECEU AINDA MAIS E FICOU MUITO TRISTE, TUDO CONSEQÜÊNCIA DA EXISTÊNCIA DESSE MONSTRO ASSASSINO.

Anônimo disse...

FELIZ NATAL AO COMUNISTINHA IRRITADIÇO COM A PERDA DAS ELEIÇÕES DO PARTIDINHO DA TRAPAÇA E COM A PRISÃO DO 9 DEDOS EM BREVE!QUE TUA AFLIÇÃO ACABE COM A EXTINÇÃO DO PT E ENJAULAR ENTORNO DE TODA ORCRIM!

Anônimo disse...

US YANQUES SÃO OS CURPADO PELA DESGRAÇA DO TEU IDOLO NÉ BABACA E BABA OVO DO NINE FINGER (THE LAST HE LOST IN YOUR ASS)!

Anônimo disse...

Esgotosfera colada para defender a petralhandia. Não tem capacidade para escrever, ó mortadela? Só sabes copiar e colar do lixo?

Anônimo disse...

uem acha Odebrecht é maior escândalo mundial, veja as multas dos bancos da crise de 2008:

FERNANDO BRITO/24/12/2016 - O Tijolaço

Lamento informar aos que estão aí comemorando a descoberta do Brasil como o capitalismo mais corrupto do mundo, por conta da multa de US$ 1 bilhão do Departamento de Justiça dos Estados Unidos que, como na Copa, perdemos de goleada para a Alemanha e para muitos outros np asqueroso “cammpeonato da falcatrua”.

Aliás, também foi de 7 a 1, como naquela tarde trágica no Mineirão. Porque foi de US$ 7 bilhões o acordo, entre multas e reparações firmado pelo respeitatíssimo Deutsche Bank com os americanos, por manipulação de operações bancárias e venda fraudulenta de hipotecas na chamada crise do subprime.

E com “desconto”, porque os americanos queriam US$ 14 bilhões.

Estamos muito longe de ganhar o campeonato mundial de falcatruas, que são a regra do capitalismo globalizado e parte da disputa de poder mundial. E se empreiteiro não é santo, banqueiro ganha dele fácil, nesta modalidade.

Perdemos feito também para os suíços do Credit Suisse, que levou uma bordoada de US$ 5,2 bilhões do Departamento de Justiça pelas mesmas razões, o que o leva a juntar-se ao seleto grupo dos bancões – os que sobreviveram, com larga ajuda de seus governos – JPMorgan Chase, Citigroup, Morgan Stanley e Bank of America, que acertaram outros US$ 40 bilhões.

Multas que serão pagas, claro, pelos usuários dos serviços dos bancos e pela população dos países onde operam, porque os governos os acham “grandes demais para quebrar”.

Como as da Odebrecht serão pagas com dinheiro de seus contratantes, em geral o poder público.

Não se trade de “fulano é honesto” ou “fulano é pilantra”, a máquina do dinheiro tem sua própria (a)ética.

Megacapitalista santo é como cabeça de bacalhau. Tem, mas você já viu um?

Em compensação. quem acha que bilhões e honra andam juntos, está cheio.