segunda-feira, 28 de novembro de 2016

RS ultrapassa Paraná e é de novo o quarto maior PIB do Brasil.

Dados desta tarde do IBGE, tudo com relação à posição dos Estados em relação ao bolo total do PIB brasileiro:

- São Paulo, 32,2%
- Rio, 11,6%
- Minas, 8,9%
- RS, 6,2%
- Paraná, 6%

Cinco Estados brasileiros responderam, juntos, por quase dois terços do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2014. As economias de São Paulo, do Rio de Janeiro, de Minas Gerais, do Rio Grande do Sul e Paraná representaram 64,9% do PIB nacional naquele ano, segundo dados das Contas Regionais divulgados nesta segunda-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Crescimento

Em termos de crescimento, no entanto, os maiores avanços ficaram com as pequenas economias regionais. Tocantins teve a maior alta entre 2013 e 2014 (6,2%), seguido pelo Piauí (5,3%), por Alagoas (4,8%), pelo Acre (4,4%) e por Mato Grosso (4,4%). Desses cinco estados, quatro estão entre as 10 menores economias do país.

Em sentido oposto, grandes economias tiveram quedas devido ao comportamento da indústria da transformação: São Paulo (-1,4%), Minas Gerais (-0,7%), Rio Grande do Sul (-0,3%) e Paraná (-1,5%).

14 comentários:

Anônimo disse...

Poderíamos estar no lugar de Minas se não fosse pela expulsão da Ford por aquele guerrilheiro comuna do Olívio Dutra. Olhem o tamanho da porcalheira que ele fez, nos eramos pra ter este índice de 8% com a Ford e seus sistemistas.

Obrigado PT. Um dia vcs vão pagar por todo mal que fizeram a este país !

Anônimo disse...

E OS TAIS ATOS SECRETOS DO GOVERNO DO ESTADO ?

Anônimo disse...

Na década de 70 o PIB do RS era quase 50% maior do que o do Paraná.
Depois, com poucas exceções, só nabas nos governaram.
O PT então, liquidou nosso crescimento por 30 anos, com o episódio FORD.

Anônimo disse...

Concordo que se o RS não tivesse dado trela aos comunistas esquerdistas, hoje estaríamos talvez à frente de MG e RJ e claro, muito mais industrializados do que estamos atualmente.

Tudo dependerá dos nossos próximos governantes, que eles tenham a mesma garra e a mesma ousadia que tinham nossos políticos nos anos 50, 60 e 70 quando o RS era pioneiro em quase tudo no Brasil.

Anônimo disse...

De que adianta se o governo suga boa parte do dinheiro. Ôh Ciro Gomes, dá Bilhão sim! Bilhão tá virando unidade monetária padrão.

Anônimo disse...

Acordem!
O 4º lugar é do Paraná. A queda foi momentânea e a economia de vocês é peça de museu

Anônimo disse...

Não, dependerá das escolhas do povo do RS. Escolhemos mal, caímos no conto do PT pelo voto livre.

Anônimo disse...

O que é ruim numa primeira análise é que os maiores PiBs tiveram queda no crescimento.O ideal seria que os Estados com os menores PIBs tivessem crescimento alto e os Estados com os maiores PIBs tivessem crescimento mais baixo mas que crecesse.

Anônimo disse...

Uhuuuuuu! Dá-lhe Grigo! Isso que ele nem começou a trabalhar direito, porque até agora só está tapando o rombo e as cagadas do Atraso Petralha Genro!

Anônimo disse...

o rio grande do sul aos trancos e barrancos foi devastado pelos 2 vermelhos estamos na miseria total levarao anos p sairmos desta crise , ainda bem que os comunas do pt tarso genro e o bigodudo jurassico olivio dutra foram varridos do mapa

Anônimo disse...

Se a gauchada botocuda não tivesse sido trouxa pra cair na lábia de petista mensaleiro, corrupto e incompetente, a enorme colônia de gaúchos em SP (onde me incluo) estaria produzindo riqueza ai no RS. Outra, Polibio pare de bater no Marchesan!!!!!

Anônimo disse...

Sul e Sudeste se desenvolvendo e Norte, Nordeste e Centro-Oeste de novo para trás. Só decentralizando mesmo para o resto do país sair do atraso.

Anônimo disse...

Expulsaram a Ford do Rio Grande do Sul mas tem inúmeras outras indústrias no mundo e no Brasil para investir. Por que os governo federal e demais estados do país não investem mais na Troller, TAC Motors, Agralle, Marcopolo e na indústria nacional? Se comprassem mais carros deles ou pedissem para fazer novos modelos para as suas polícias, bombeiros, transporte escolar, correios e etc. Toda vida que eu vejo as grandes empresas do Brasil e nos estados usando carros e veículos de fora é vergonhoso. Aqui no Ceará o ex-governador fez de tudo para comprar 4x4 da Toyota ao invés de comprar da Troller com fabricação local. Na época sofreu várias críticas, só por que a concessionária da toyota era de um aliado dele.

É por essas decisões equivocadas que a indústria nacional não se torna mais competitiva.

Anônimo disse...

Só para relembrar que o último governo que tentou governar sem base de apoio e achando que o Legislativo não era importante foi o do Fernando Collor!