segunda-feira, 31 de março de 2014

Nua, reagindo à pesquisa do Ipea, jornalista avisa: "Eu não mereço ser estuprada". Chocados, leitores dela, homens e mulheres, respondem: "Nua, assim, merece, sim !".

 Nas fotos menor e maior, a jornalista faz figuração, nua, na frente do Congresso, em plena luz do dia. Dilma acha que nem assim ela merece ser estuprada.
Os jornalistas Luana Lourenço e Paulo Victor Chagas, repórteres da Agência Brasil, informaram estas tarde que a  presidenta Dilma Rousseff solidarizou-se hoje com a jornalista Nana Queiroz, que foi ameaçada na internet após iniciar uma campanha nas redes sociais contra a violência contra a mulher. O protesto virtual "Não mereço ser estuprada" foi criado em resposta à pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgada na última semana, que mostrou que a maioria dos brasileiros concorda que o comportamento da mulher pode motivar o estupro. Leia mais:

"A jornalista Nana Queiroz se indignou com os dados da pesquisa do Ipea sobre o machismo na nossa sociedade. Por ter se manifestado nas redes contra a cultura de violência contra a mulher, a jornalista foi ameaçada de estupro. Nana Queiroz merece toda a minha solidariedade e respeito", escreveu hoje a presidenta em sua conta pessoal no Twitter. Dilma disse ainda que "o governo e a lei" estão do lado da jornalista e de todas as mulheres ameaçadas ou vítimas de violência. Nana Queiroz postou uma mensagem no Facebook na sexta-feira (28) com uma foto em frente ao Congresso Nacional, em que aparece sem camiseta e com a frase "Não mereço ser estuprada" escrita no corpo, convocando o protesto virtual. Várias mulheres publicaram fotos semelhantes, demonstrando indignação com a pesquisa.

. Após a publicação, a jornalista foi ameaçada por internautas. "Amanheci de uma noite conturbada. Acreditei na pesquisa do Ipea e experimentei na pele sua fúria. Homens me escreveram ameaçando me estuprar se me encontrassem na rua, mulheres escreveram desejando que eu fosse estuprada", relatou Nana em sua página na rede social.

26 comentários:

ammax rodoviario disse...

A Silma acha e qualquer pessoa que tenha um pouco de decncia tambem. Claro que nao e o teu caso, editor, pois nota se que vc acredita que o corpo de uma mulher pertence ao macho. Vc poderia ensinar estas ideias para suas netas, ne?

Anônimo disse...

Não sei se merece, não mostrou o suficiente!

Liane Sanchez disse...

Do quê estão querendo desviar a atenção para este assunto ser o " da hora" ?!

Anônimo disse...

Ela nem ninguém merece, mas o estuprador não se regula por merecimento, e sim por instinto. Então sejam sensatas.

Anônimo disse...

infeliz atitude.

Anônimo disse...

Estupro é coisa dos PTralhas!

ZE_Ninguém disse...

Vivemos na era midiática, talvez por isso algumas pessoas fazem qualquer coisa... qualquer coisa mesmo... para roubarem a atenção da audiência. É o caso dessa moça, daqui alguns dias será capa da Playboy, cotada para o BBB, aparecerá em todos os programas de auditório, enfim a mais nova celebridade em busca da fama... Que país é esse?!?!?!

Anônimo disse...

Políbio,

Esta "pesquisa", do IPEA, foi baseada em um Estudo para lá de tendencioso, com vistas a criar litigio entre homens e mulheres.

A tal "pesquisa" foi a rua colher a opinião da população com perguntas tendenciosas e, mesmo assim, não surtiu o efeito que o Governo queria.

Resultado: o Governo fez uma "leitura" forçada das respostas.

O PT esta dividindo a sociedade seguindo os ditames do Foro de São Paulo.

Ista acontece na Argentina, Uruguay(em menor escala), Bolivia, Equador(já foi pior) e na Venezuela!!

JulioK

adriano disse...

nem estuprada e nem respeito, para ser justo.

Anônimo disse...

Questão para pensar:

É simples, podes andar pelada vestindo apenas o sinto de castidade.
Provoquem os cabeças doentes e terão a resposta em qualquer lugar do mundo.

Ora, homem nasce de mulher, se estuprar outra, é como se o fizesse com a própria mãe.
Então, quem pare e educa os filhos homens?
Se não é a mãe é a grande midia,com suas liberalidades a mostrar?



Anônimo disse...

isso é uma selvageria! um absurdo viver em um país que uma quantidade significante da população tem um pensamento desses. Esse machismo irracional é culpa das religiões que tratam a mulher como um ser inferior.

Anônimo disse...

Essa pesquisa visa somente fomentar "a guerra de sexos", justo o que os Petralhas querem.

Se observarem o percentual de pessoas que responderem a pesquisa, 65% forum de mulheres.

Quer dizer então que a maioria das mulheres apoia o estupro?

Anônimo disse...

Parabéns para a moça, tem que protestar mesmo.

Anônimo disse...

Bom, merecer é provável que não mereça! Mas, uma coisa é certa: se sair assim pra rua, nas cidades brasileiras, duvido que escape!

Anônimo disse...

Merecer não merece, pois ninguém merece a as leis protegem a todos igualmente. Ocorre que a forma encontrada para protestar não é a mais digna para um mulher que se dê o respeito; mas certamente estamos numa sociedade de putaria liberada então acham que chocando(não confundam com galinhas) seus protestos são sempre válidos.
Acho que não. Tudo tem o limite do bom senso e do decoro.

PEREIRA, PoA/RS disse...

É óbvio que ninguém pode ser violentado... Acho que esta pesquisa do IPEA tinha "outros objetivos". O primeiro fato estranho é que a pesquisa foi feita em Junho/2013 e só agora foi divulgada. O segundo fato, e deliberadamente omitido na divulgação pelo Instituto, é que 66% dos pesquisados são MULHERES e sabe-se que 50% da população é feminina. Nota-se que, apesar de todo o ativismo feminista, até as mulheres estão tornando-se MACHISTAS ! Para mim,o IPEA quis achar "algum resultado" e acabou criando este monstrengo de pesquisa.

Anônimo disse...

NÃO MERECE SER ESTUPRADA, MERECE SER INTERNADA EM UM HOSPÍCIO.

DR.FAÇANHA,o advogado do povo disse...

Êta povo ignorante!
Estupro é crime e andar a mulher provocativamente "vestida", pode configurar uma atitude vitimológica, que é quando a vítima provoca o agressor, mesmo involuntariamente.

MAS ESTA NANA NÃO TEM MAIS O QUE FAZER?
JORNALISTA DESEMPREGADA?
É O QUE MAIS TEM.

Anônimo disse...

Não merece ser estuprada, não. Tbém não merece atenção nenhuma, pois quer apenas aparecer e ter seus 15 minutos de fama,

Anônimo disse...

Eu acho que ela está encalhada assim com a dil-má até mesmo porque somente peão de obra pra encarar essas barabgas. De repente ela quer os R$ 2000,00 de bolsa prostituta da copa.

Anônimo disse...

O sgarbi acha que engana mudando de codinome... ammax rodoviario ????? Para com a cachaça sgarbi....

Luiz Vargas disse...

Como a PeTrobrás está tão decaída não há como ela descobrir novos e maravilhosos poços PeTrolíferos para tirar de cena os escândalos e a corrupção que grassa no antro PeTralha.
A polêmica para desviar a atenção é este assunto. Em um país de gente honesta e séria a justiça e as leis se encarregariam de colocar esta questão sobre estupro nos eixo e nem precisaria a jornalista, que quer aparecer, ficar pelada para desviar a atenção de cima da PeTralhada.

Anônimo disse...

Por mim ela poderia andar nua com uma melancia pendurada no pescoço e uma cauda de pavão na b-u-n-d-a que não faria a menor diferença, pois o que me atrai numa mulher não é sua exposição. Entretanto, esse discurso não é para mim, é para pessoas que tem nos instintos o principal motor. E querer fazer protestinho contra instintos é, no mínimo, ridículo.

Anônimo disse...

Esse Povo,Esta Nação, Esta Sociedade a onde vai parar......

Anônimo disse...

Tinham que postar uma foto do Sgarbi correndo só vestido com as meias nos gramados de Brasília! Toda a nudez será sindicalizada !

GIBA disse...

ENQUANTO ESTAMOS DISCUTINDO SE DEVE OU NÃO SER ESTUPRADA O GOVERNO ESTÁ TRABALHANDO NOS BASTIDORES PARA DAR MAIS UM GOLPE.... ISSO É INTELIGÊNCIA PURA DO PT, DESVIAM A ATENÇÃO DAS PESSOAS PARA UM ASSUNTO POLÊMICO E COMEÇAM A AGIR APROVANDO LEIS VENDENDO O PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS, EMPRESTANDO DINHEIRO À PAÍSES MAIS QUEBRADOS QUE O NOSSO. FALCATROA PURA.