Gramado atemoriza-se com ações dos promotores sobre o caso do Natal Luz

O silêncio sobre o fracasso da administração judicial pedida pelos promotores Antonio Kèpez e Max Guazzeli para o 26º Natal Luz é ensurdecedor.

APROVEITE SEU CHOPE ARTESANAL
Bier Markt, Castro Alves 452, Porto Alegre -  1º lugar de Veja em 2010 e 2011 
- Tudo harmonizado com petiscos inspirados na gastronomia alemã. Ar condicionado forte, segurança, estacionamento fácil. WWW.biermarkt.com.br

6 comentários:

Daniel disse...

Gramado esta acostumada. Nao se atemorizou com o pessoal da Ortope, lembra?

Anônimo disse...

É isto que dá promotor se meter a promoter.
LV

Anônimo disse...

Daniel, a Ortopé quebrou, normal para um negócio no capitalismo. O único que não quebra é o estado, pois sempre que necessário arranca mais dinheiro dos contribuintes.

Anônimo disse...

Gramado esta acostumada. Nao se atemoriza com o pessoal do Daniel.

Anônimo disse...

Infelizmente, esses incompetentes se meteram onde não foram chamados. Óbvio, estavam de olho em algo(!!!!!!) que poderia sobrar depois de tudo, MAS a incompetência os fez dar com os burros n'água. Que aprendam a respeitar o trabalho alheio, visto que o deles própria é de pouca valia.

Anônimo disse...

Ninguém descobriu ainda porque os promotores estão em silêncio? Não? Pois eles devem estar a mil no Projeto Manhattan deles e não tem tempo para perder com essa zoeira toda que anda por aí. Diante da situação crítica em que se meteram, para minimizar os prejuízos do seu lado, possivelmente reuniram os maiores sábios do MP para produzir uma verdadeira bomba atômica, a prestação de contas sobre o último Natal Luz, a ser apresentada até maio ! Vão demonstrar que a turma deles não só foi exponencialmente melhor do que a "quadrilha" afastada, e anunciar que ela veio para ficar. Nem vereador nem ninguém ousará questionar o que for apresentado, de medo de ser incluído, por aditamento de denúncia, no processo contra os "quadrilheiro", e ter de gastar o que não tem para se defender. No mínimo poderá levar um "TAC". Aos afastados será oferecida, bondosamente, a rendição incondicional, para não serem calcinados ! Aguardem só !